Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 22º

Chefe da 'intel' militar francesa sai por desempenho insuficiente

O chefe dos serviços de informações ('intelligence') militares franceses, o general Eric Vidaud, vai sair do cargo, depois do que foi considerado um desempenho insuficiente a propósito da invasão russa da Ucrânia.

Chefe da 'intel' militar francesa sai por desempenho insuficiente
Notícias ao Minuto

07:41 - 31/03/22 por Lusa

Mundo Ucrânia

A informação foi avançada pela AFP, que a recebeu de fontes militares e conhecedoras do assunto.

Uma fonte militar confirmou a saída do dirigente da Direção das Informações Militares (DRM), segundo uma informação divulgada pelo sítio 'Opinion'. Este cita uma fonte interna do Ministério das Forças Armadas, que mencionou "informações insuficientes" e "uma falta de conhecimento dos assuntos".

Segundo a fonte militar contactada pela AFP, a DRM já estava no 'radar' do Estado-Maior das Forças Armadas desde a invasão russa da Ucrânia.

Segundo uma outra fonte militar interrogada pela AFP, que requereu o anonimato, a saída de Vidaud, já era objeto de conversas há alguns dias entre os dirigentes militares.

"Não se pode resumir esta mudança apenas à situação ucraniana. Trata-se também de reorganizar o serviço", destacou outra fonte conhecedora do assunto.

O general Vidaud tinha sido nomeado para o cargo no último verão, proveniente do comando das operações especiais.

Leia Também: General David Petraeus diz que guerra entrou numa fase "imprevisível"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório