Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 21º

Rutte diz que acordo de paz não pode ser feito "com uma arma apontada"

Primeiro-ministro neerlandês pediu respeito pela integridade territorial da Ucrânia.

Rutte diz que acordo de paz não pode ser feito "com uma arma apontada"
Notícias ao Minuto

17:43 - 30/03/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Ucrânia/Rússia

O primeiro-ministro neerlandês, de visita a Espanha, comentou as negociações de paz entre Ucrânia e Rússia, com o recuo de tropas russas em Kyiv e a admissão de neutralidade por Zelensky a trazerem esperanças sobre um cessar-fogo.

Mark Rutte, no entanto, avisou que um acordo forçado e entre contínuos bombardeamentos não é um bom prenúncio.

"Um acordo de paz com uma arma apontada, com a perda de território e soberania ucraniana, não é a forma de voltar ao normal", afirmou Rutte, citado pela Reuters.

O governante dos Países Baixos acrescentou que um recuo da atividade militar russa não pode passar de uma promessa, ou "não vai automaticamente levar a um abrandamento das sanções".

Os últimos dias da guerra na Ucrânia têm sido marcados por diplomacia, com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky a admitir a neutralidade ucraniana e a não adesão à NATO para chegar a um cessar-fogo.

Os russos, do seu lado, começaram a reduzir a atividade militar em torno de Kyiv - uma ação que agências de inteligência internacionais têm alertado como uma simples remobilização.

Leia Também: Há "um longo caminho a percorrer" para chegar a um acordo com a Ucrânia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório