Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 23º

Taxa de incidência acumulada em Cabo Verde caiu de 1.943 para 257 casos

A taxa de incidência acumulada de covid-19 em Cabo Verde caiu nos últimos 14 dias de 1.943 para 257 casos por 100 mil habitantes e o Rt desceu para 0,47, anunciou o diretor nacional de Saúde.

 Taxa de incidência acumulada em Cabo Verde caiu de 1.943 para 257 casos
Notícias ao Minuto

19:25 - 31/01/22 por Lusa

Mundo Covid-19

"É uma redução muito significativa, o que vai ao encontro da evolução positiva que temos verificado nos últimos dias", afirmou esta tarde Jorge Noel Barreto, na conferência de imprensa semanal de balanço da situação epidemiológica em Cabo Verde.

O diretor nacional de Saúde acrescentou que no período de 17 a 30 de janeiro foram analisadas no país 12.570 amostras, que confirmaram 1.462 novos casos de covid-19 e uma taxa de positividade de 11,6%, correspondendo a uma taxa de incidência nacional acumulada a 14 dias -- indicador internacional -- de 257 casos por 100 mil habitantes.

No período anterior, de 03 a 16 de janeiro, os laboratórios nacionais analisaram 31.346 amostras, o que corresponde ao "período mais crítico" da pandemia de covid-19 em Cabo Verde. Essas amostras detetaram 11.068 novos casos, numa taxa de positividade de 35,3% e uma taxa recorde de incidência nacional acumulada a 14 dias, de 1.943 casos por 100 mil habitantes.

"Há uma tendência para melhoria, houve uma redução drástica do número de casos novos entre a primeira semana de janeiro, em que registámos 7.182 casos, e esta última semana, em que identificámos 332 casos novos. É uma redução muto significativa da ocorrência de casos novos de covid-19 em Cabo Verde", afirmou o diretor nacional de Saúde.

Contudo, Jorge Noel Barreto sublinhou que neste período a taxa de positividade -- casos positivos entre as amostras analisadas -- ainda ficou "acima daquilo que é desejável", mas admitiu que já na próxima semana esse indicador "poderá" ficar abaixo de 10%, confirmando a "evolução positiva" dos últimos dias.

Cabo Verde regista atualmente um Rt (índice de transmissibilidade) de 0,43 e já identificou 55.695 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 no arquipélago desde o início da pandemia, em março de 2020, dos quais 54.761 casos já foram dados como recuperados, permanecendo ativos hoje 490 casos.

Durante o mês de janeiro registaram-se 45 óbitos por complicações associadas à covid-19 em Cabo Verde.

"Um dos meses desta pandemia com mais óbitos", admitiu Jorge Noel Barreto.

No entanto, com o país a bater recordes diários de novos infetados no início do mês, a taxa de letalidade em janeiro foi de 0,3%, quando a média desde o início da pandemia se situa nos 0,7%, num total de 396 óbitos.

"De facto, a variante Omícron, de acordo com estas informações, podemos dizer que não é tão virulenta como a Alfa e a Delta, variantes que circularam em Cabo Verde. Se fosse, teríamos tido muitos mais óbitos. E a taxa de cobertura vacinal terá contribuído e muito para que a situação não fosse tão complicada", enfatizou.

Cabo Verde conta atualmente com uma taxa de ocupação hospitalar de 27,6%, correspondente a doentes internados com covid-19. Trata-se de um número que caiu de 70 para 24, dos quais cinco em estado grave, em apenas uma semana.

Leia Também: AO MINUTO: Quase 50% da população com reforço; Menos casos em Itália

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório