Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 23º

Antivacinas causam tumultos na Alemanha enquanto incidência aumenta

Protestos de movimentos antivacinas levaram este fim de semana a tumultos em várias partes da Alemanha, estimando a participação de 4.500 pessoas, numa altura em que a incidência acumulada de covid-19 continua a aumentar no país.

Antivacinas causam tumultos na Alemanha enquanto incidência aumenta
Notícias ao Minuto

10:50 - 30/01/22 por Lusa

Mundo Covid-19

Em Leipzig, esta noite, um grupo de 50 pessoas invadiu o campus da clínica universitária naquela cidade do leste da Alemanha, distúrbios que ocorreram no final de uma marcha contra as restrições devido à pandemia e contra os planos do governo alemão para impor a vacinação obrigatória.

Ao final da tarde de sábado, um grupo de 50 manifestantes rompeu o cordão policial e invadiu o campus da clínica universitária, embora tenham sido rapidamente retirados pelas forças de segurança.

Outras manifestações de protesto com várias centenas de pessoas e um total estimado de 4.500 participantes foram registadas em várias partes da Alemanha, segundo a televisão pública ARD.

A maior concentração foi em Zwönitz, onde cerca de 1.200 pessoas participaram no protesto, segundo fontes policiais, com alguns incidentes, mas de menor relevância, segundo a agência Efe.

O Instituto Robert Koch (RKI) de virologia reportou hoje uma nova incidência cumulativa máxima, com 1.156,8 casos de infeção por covid-19 em sete dias e por 100 mil habitantes, o que soma mais um recorde após os 1.127,7 registados sábado e contrasta com a incidência acumulada de 806,8 casos há uma semana.

O número de infeções verificadas nas últimas 24 horas na Alemanha foi de 118.970, contra 85.440 há uma semana.

Leia Também: Alemanha bate recorde da incidência de novos casos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório