Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

China avisa que haverá conflito se EUA defenderem independência de Taiwan

Em novembro, Xi Jinping disse a Joe Biden que defender a independência de Taiwan era "como brincar com o fogo".

China avisa que haverá conflito se EUA defenderem independência de Taiwan

O embaixador chinês nos Estados Unidos avisou que um apoio à independência de Taiwan poderá resultar em mais um conflito militar no mundo, uma ameaça que acompanha anos de tensão e corrida ao armamento no mar do sul da China.

Numa entrevista à rádio pública americana NPR, Qin Gang reafirmou que a questão de Taiwan é "a maior caixa de fósforos entre China e EUA" e disse que "se as autoridades taiwanesas, motivadas pelos EUA, continuarem no caminho da procura da independência, a China e os EUA irão muito provavelmente envolver-se num conflito armado".

A metáfora da caixa de fósforos também não é recente. Em novembro, o presidente chinês Xi Jinping disse a Joe Biden, presidente americano, que defender a independência de Taiwan é "como brincar com o fogo".

O aviso do embaixador está inserido na política chinesa de pressão mundial, na economia, na diplomacia e no mundo empresarial, para garantir que Taiwan não é reconhecido como um país e um território independente.

Xi Jinping tem continuamente reiterado a sua intenção de fazer Taiwan voltar à esfera de influência chinesa e reunificar assim as duas repúblicas chinesas, separadas desde a retirada de 1949.

Os Estados Unidos responderam com uma 'não resposta', repetindo que continuam a defender o Pacto de Relações EUA-Taiwan: segundo esta legislação, os EUA reconhecem que a capital chinesa é Pequim, mas comprometem-se em garantir a defesa de Taipei.

Leia Também: Taiwan revela nova incursão de aviões militares chineses

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório