Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Pedidos de subsídio de desemprego nos EUA descem

As inscrições para subsídio de desemprego nos Estados Unidos da América recuaram 30.000 na semana passada para 260.000, sendo a primeira descida depois de três semanas a aumentarem, indicou hoje o Departamento do Trabalho.

Pedidos de subsídio de desemprego nos EUA descem
Notícias ao Minuto

14:57 - 27/01/22 por Lusa

Mundo Departamento do Trabalho

A média de quatro semanas de pedidos, que compensa a volatilidade semanal, aumentou em 15.000 para 247.000, a mais alta em dois meses.

No total, quase 1,7 milhões de pessoas estavam a receber ajuda ao desemprego na semana que terminou em 15 de janeiro, um aumento nominal de 51.000 em relação à semana anterior, segundo a agência Associated Press.

Um recente pico no número de casos de covid-19 fez recuar a retoma que se vinha a realizar na redução do número de novas inscrições para o subsídio de desemprego.

No final do ano passado, este indicador estava abaixo da média pré-pandemia da covid-19, quando havia cerca de 220.000 inscrições por semana.

Após um pico nos casos em toda a costa leste no final de 2021, a média móvel a sete dias para novos casos de covid-19 nos EUA recuou cerca de 25% desde 12 de janeiro, segundo dados da Universidade John Hopkins. Ainda assim, a média móvel a sete dias de mortes pela doença provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2 aumentou de cerca de 1.800 para 2.300 por dia durante as últimas duas semanas.

Na primavera de 2020, a pandemia atingiu fortemente o mercado laboral norte-americano, devido às restrições adotadas para conter o número de casos de covid-19, lançando milhões de pessoas para o desemprego.

Leia Também: Espanha fecha 2021 com taxa de desemprego de 13%, a mais baixa desde 2008

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório