Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 29º

Guterres despede representante para tecnologia após acusações de assédio

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas ONU), António Guterres, terminou a ligação do subsecretário-geral para a tecnologia à entidade, no seguimento de uma investigação, que durou um ano, a alegações de assédio sexual.

Guterres despede representante para tecnologia após acusações de assédio
Notícias ao Minuto

23:58 - 26/01/22 por Lusa

Mundo ONU

O anúncio foi feito hoje pelo porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, que adiantou que não podia dar mais informações sobre a investigação feita pelo órgão de controlo interno, nem sobre as razões do fim da ligação de Fabrizio Hochschild à ONU, porque "o processo é confidencial".

Segundo funcionários da ONU, que falaram na condição de anonimato, as primeiras queixas foram apresentadas por três mulheres, em janeiro de 2021, que tinham trabalhado recentemente com Hochschild, incluindo a coordenação da preparação da comemoração do 75.º aniversário da ONU.

Os funcionários acrescentaram que dezenas de outras queixas foram apresentadas a seguir, incluindo alegações de 'bullying' e abuso de poder.

Hochschild respondeu na rede social Twitter, dizendo que estava grato aos muitos colegas da ONU que o tinham defendido, "particularmente perante textos na imprensa falas e difamatórias, incluindo assédio sexual e más práticas financeiras, que não foram provadas na investigação".

Hochschild disse que fatores múltiplos minaram os "seus direitos mais básicos e está a considerar procurar uma apreciação independente pelo Tribunal de Disputas da ONU, onde os funcionários da organização podem contestar uma decisão da administração.

No final de 2021, Guterres disse que só tinha sabido das alegações iniciais de assédio sexual quatro dias depois de ter indicado Hochschild, um chileno veterano dos meandros da ONU, como primeiro enviado para a tecnologia, com o estatuto de subsecretário-geral.

Mas funcionários da ONU contrapuseram que as alegações das três mulheres eram conhecidas semanas antes da indicação.

Graduado pela Universidade de Oxford, Hochschild começou a sua carreira em 1988 a trabalhar na agência da ONU para os refugiados no Sudão. Teve também postos na República Centro Africana, Colômbia e na Suíça, em Genebra, e serviu como assistente do secretário-geral para a coordenação estratégica.

Hochschild está colocado em licença administrativa desde janeiro de 2021 e Dujarric disse hoje que esta licença acabou "e que tinha sido separado do serviço da organização".

Leia Também: Guterres diz que Afeganistão "está por um fio" e pede revisão das sanções

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório