Meteorologia

  • 23 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

Polónia. Grávida morre no hospital depois de tido gémeos mortos no útero

Uma mulher morreu num hospital da Polónia, onde estava internada, após os filhos estarem mortos no útero e médicos se recusarem a retirá-los.

Polónia. Grávida morre no hospital depois de tido gémeos mortos no útero
Notícias ao Minuto

23:30 - 26/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Polónia

Uma mulher polaca, de 37 anos, que estava grávida de gémeos, morreu esta terça-feira, num hospital onde estava internada, depois de os médicos se terem recusado a fazer um aborto quando o coração do primeiro feto parou de bater.

Agnieszka estava no primeiro trimestre de uma gravidez de gémeos quando foi internada no hospital Virgem Maria em Częstochowa, a 21 de dezembro.

A família da vítima acusou o governo de ter “sangue nas mãos”, visto que a sua morte ocorreu um ano depois do país ter introduzido uma das leis de aborto mais restritivas da Europa. De acordo com um comunicado divulgado por familiares, embora Agnieszka tivesse com dores quando chegou ao hospital, estava “totalmente consciente e em boa forma física”.

Segundo o Guardian, o primeiro feto morreu no útero dia 23 de dezembro, mas os médicos recusaram-se a removê-lo, citando a atual legislação contra o aborto, o que fez com que, de acordo com a família de Agnieszka o “seu estado se deteriorasse rapidamente”. O hospital esperou até que o batimento cardíaco do segundo gémeo também parasse, o que ocorreu após uma semana e esperou mais dois dias antes de interromper a gravidez a 31 de dezembro. 

A vítima morreu, esta terça-feira, depois de o seu estado de saúde ter ficado cada vez mais frágil. A família suspeita que a sua morte tenha sido resultado de choque séptico. Contudo, até ao momento, o hospital ainda não identificou a causa da morte.

“Esta é a prova de que o atual governo tem sangue nas mãos”, disse a família da mulher num comunicado feito através do Facebook. A família também enviou imagens de Agnieszka com problemas de saúde pouco antes de morrer.

Leia Também: Pai acusado de matar filha de 19 anos em Inglaterra

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório