Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 21º

Morreu a mulher que sobreviveu a Auschwitz e ao cerco a Sarajevo

Greta Ferušić Weinfeld morreu com 97 anos.

Morreu a mulher que sobreviveu a Auschwitz e ao cerco a Sarajevo
Notícias ao Minuto

12:29 - 26/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Óbito

Greta Ferušić Weinfeld sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz e ao cerco à cidade de Sarajevo, durante a guerra da Bósnia. Morreu na terça-feira aos 97 anos, confirmaram membros da comunidade judaica de Sarajevo à Agência France-Press.

Greta nasceu em 1924, em Novi Sad, na Sérvia, numa família de origens judaicas.

Aos 20 anos foi deportada para o campo de Auschwitz, juntamente com grande parte da família. Quando foi libertada, pesava 33 quilos e descobriu estar sozinha no mundo, uma vez que todos os seus familiares tinham morrido.

Findada a II Guerra Mundial, Greta mudou-se para Belgrado onde estudou arquitetura. Casou-se e mudou-se para Sarajevo, onde trabalhou como professora. A vida parecia permitir-lhe recuperar do trauma, mas com o rebentar do conflito na Bósnia, em 1992, Ferušic manteve-se em Sarajevo, que ficou cercada durante anos.

“Durante a minha vida já tinha sido forçada a abandonar a minha casa. Nunca mais o vou fazer”, explicou à Associated Press sobre a sua decisão. “Durante a II Guerra Mundial, toda a Europa estava em dificuldades e a sofrer, [mas durante a guerra da Bósnia], a apenas 100 quilómetros de distância, as pessoas levavam a sua vida normalmente, não reparando no que se estava a passar aqui”, disse ainda. 

Leia Também: Morreu aos 65 anos o ator Peter Robbins, a voz de Charlie Brown de Snoopy 
 

Recomendados para si

;
Campo obrigatório