Meteorologia

  • 20 MAIO 2022
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 34º

Após anos a descer, ataques de tubarão subiram em 2021 

Apesar de o número de 2021 estar alinhado com a média global dos últimos cinco anos - 72 incidentes - regista-se um grande aumento em relação a 2020 (52).

Após anos a descer, ataques de tubarão subiram em 2021 
Notícias ao Minuto

14:43 - 25/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Animais

O número de ataques de tubarão aumentou em 2021, depois de três anos consecutivos a descer. Segundo dados revelados, na segunda-feira, pelo Arquivo Internacional de Ataques de Tubarões (ISAF) do Museu de História Natural da Florida, nos Estados Unidos da América, registaram-se em todo o mundo 73 incidentes não provocados, mais 21 do que no ano passado, do qual nove resultaram em morte.

Considera-se um ataque “provocado” quando uma pessoa invade conscientemente o habitat natural de um tubarão, por exemplo quando é mordida enquanto fazia pesca submarina, tentava apanhar um tubarão ou tentava libertá-lo de redes. Já os ataques “não provocados” são casos onde os peixes confundem os humanos com as suas presas. 

Apesar de o número de 2021 estar alinhado com a média global dos últimos cinco anos - 72 incidentes - regista-se um grande aumento em relação a 2020 (52). Para Tyler Bowling, do ISAF, “as mordidas de tubarão desceram drasticamente em 2020 devido à pandemia”.

“O ano passado foi muito mais típico, com números médios de mordidas de uma variedade de espécies e mortes causadas por tubarões-brancos, tubarões-touro e tubarões-tigre”, explicou.

A maioria dos incidentes fatais ocorreu no Pacífico Sul, onde se registaram seis mortes na Austrália, Nova Caledónia e Nova Zelândia. Houve ainda mortes isoladas na África do Sul, Brasil e Estados Unidos da América.

Foi também nos Estados Unidos que se registou o maior número anual de ataques não provocados em 2021: 47 dos 73, o que representa 64% do total. Segue-se a Austrália com 12 ataques e o Brasil e Nova Zelândia com três.

Leia Também: Pesca de tubarão anequim proibida este ano e em 2023

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório