Meteorologia

  • 17 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 24º

Governo norueguês quer "exigências tangíveis" para os talibãs

O Governo norueguês garantiu querer apresentar "exigências tangíveis" aos talibãs, com quem negoceia em Oslo, sendo hoje o último dia da visita dos extremistas à Noruega, a primeira à Europa desde o regresso ao poder no Afeganistão.

Governo norueguês quer "exigências tangíveis" para os talibãs

Uma delegação talibã liderada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Amir Khan Muttaqi, está, desde sábado, na Noruega para discutir a crise humanitária no Afeganistão, onde a fome ameaça mais de metade da população, devido sobretudo ao congelamento da ajuda internacional e às secas registadas no país.

O último dia de negociações entre os talibãs e diplomatas ocidentais começou com uma reunião bilateral com funcionários do Governo norueguês, focada sobretudo na situação humanitária no Afeganistão.

Os encontros começaram no domingo com conversas entre os talibãs e membros da sociedade civil afegã, seguidas, na segunda-feira, por conversas multilaterais com diplomatas da União Europeia, dos Estados Unidos, do Reino Unido, de França, de Itália e da anfitriã Noruega.

As conversas bilaterais incluirão, ainda hoje, organizações humanitárias independentes.

As reuniões estão a decorrer à porta fechada, num hotel nas montanhas perto da capital norueguesa, e devem cobrir todos os assuntos, desde a educação até à ajuda humanitária e maior inclusão.

Os encontros acontecem num momento crucial para o Afeganistão, já que as temperaturas glaciares que se fazem sentir no país estão a agravar a miséria que tem vindo a aumentar desde a queda do Governo apoiado pelos EUA e a tomada do poder pelos talibãs em agosto de 2021.

Grupos de ajuda e agências internacionais estimam que cerca de 23 milhões de pessoas, mais da metade do país, enfrentam a fome.

As pessoas têm recorrido à venda de bens para comprar comida, queimando móveis para se aquecerem e até vendendo os filhos.

As Nações Unidas conseguiram fornecer alguma liquidez e permitiram que a administração dos talibãs pagasse por algumas importações, incluindo eletricidade.

Face ao pedido dos extremistas de levantamento de quase 8,8 mil milhões de euros congelados pelos Estados Unidos e outros países ocidentais, as potências ocidentais deverão condicionar a cedência à garantia de cumprimento dos direitos das mulheres e raparigas do Afeganistão, juntamente com um pedido recorrente do Ocidente ao Governo talibã para que partilhe o poder com os grupos étnicos e religiosos minoritários do Afeganistão.

"Este não é o início de um processo aberto e infinito", afirmou o secretário de Estado norueguês, Henrik Thune.

"Vamos apresentar exigências tangíveis que possamos acompanhar e verificar se se cumprem", disse, em declarações à agência de notícias norueguesa NTB.

Afastados do poder em 2001, os talibãs recuperaram o controlo do Afeganistão em agosto passado, mas sem que tenham sido reconhecidos internacionalmente. Segundo os atuais responsáveis talibãs, a visita à Noruega serve como um passo para o reconhecimento internacional e o levantamento da suspensão das ajudas financeiras.

"O facto de ter vindo à Noruega (...) é um sucesso porque partilhamos o cenário internacional", congratulou-se Muttaqi na segunda-feira à margem de conversas com representantes de países ocidentais.

A Noruega alega que as discussões em curso não constituem uma "legitimação nem um reconhecimento" do Governo talibã, mas a decisão de receber uma delegação talibã foi fortemente criticada por muitos especialistas e membros da diáspora afegã.

Leia Também: Talibãs acreditam que negociações de Oslo mudarão "ambiente bélico"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório