Meteorologia

  • 16 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º

Pelo menos 32 mortos em ataque étnico no Sudão do Sul

Pelo menos 32 pessoas, entre as quais mulheres e crianças, foram mortas em ataques ocorridos, no domingo, na região de Baidit, Sudão do Sul, marcada por atos de violência étnica.

Pelo menos 32 mortos em ataque étnico no Sudão do Sul
Notícias ao Minuto

10:15 - 25/01/22 por Lusa

Mundo Ataque

De acordo com um comunicado das Nações Unidas os ataques tiveram como alvo duas povoações na zona de Baidit, na região oriental de Jonglei, e foram levados a cabo por um grupo de jovens armados que incendiaram casas provocando a fuga da população local.

Os atacantes pertencem a um grupo "étnico" que mantém rivalidades com os habitantes da zona.

Entre os mortos contam-se três crianças que foram afogadas num rio na altura em que tentavam a fuga, refere a Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul (Unmiss) no mesmo documento.  

Segundo a ONU outras 26 pessoas ficaram feridas, incluindo mulheres e crianças, e vários moradores da região continuam desaparecidos. 

"A Unmiss condena firmemente todos os ataques contra civis e exorta os grupos e as pessoas envolvidas a tomarem medidas imediatas para que seja evitado o agravamento da situação", refere o comunicado acrescentando que as autoridades devem investigar de imediato os factos ocorridos domingo.

A missão de manutenção de paz encontra-se no país depois de ter sido criada em 2011, na altura em que o Sudão do Sul se tornou independente do Sudão.

O mandato era inicialmente válido para apenas um ano mas a missão mantém-se no país.

Entre janeiro e agosto de 2020 mais de 700 pessoas foram assassinadas, violadas ou raptadas na região de Jonglei por milícias armadas.

O país enfrenta uma situação de profunda instabilidade sendo que o governo de união nacional não conseguiu restringir a violência que se mantém após o fim da guerra civil.

O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e o vice-presidente Riek Machar, inimigos históricos, formaram um governo em fevereiro de 2020, após vários anos de combates que fizeram mais de 400 mil mortos. 

Os vários dispositivos políticos que constam dos acordos de 2018 continuam por aplicar. 

Leia Também: Protestos de hoje contra golpe militar no Sudão fazem 3 vítimas mortais

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório