Meteorologia

  • 17 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 25º

Sobe para sete o número de mortos em incêndio em Mumbai

Pelo menos sete pessoas morreram e outras 16 ficaram feridas na sequência de um incêndio que deflagrou este sábado num prédio de vários andares em Mumbai, a capital financeira da Índia, segundo os dados mais recentes das autoridades locais.

Notícias ao Minuto

10:42 - 22/01/22 por Lusa

Mundo Índia

O incêndio terá começado no 18.º andar do edifício Kamala, localizado na zona sul de Mumbai, confirmaram fontes oficiais à agência de notícias local.

Várias imagens divulgadas nas redes sociais mostram uma enorme coluna de fumo a sair do prédio, com vários moradores a serem atendidos pelos serviços médicos.

Os bombeiros locais conseguiram apagar as chamas e os feridos foram encaminhados para o hospital.

As autoridades locais iniciaram uma investigação para descobrir as causas do sucedido.

Os incêndios urbanos são comuns na Índia, onde as leis de construção e normas de segurança são frequentemente desrespeitadas pelos construtores e residentes.

Em agosto, um incêndio matou oito doentes com covid-19 num hospital em Ahmedabad, uma grande cidade no estado de Gujarat. Em dezembro de 2018, um incêndio num restaurante de Mumbai matou 15 pessoas.

Leia Também: Covid-19: Cinemas reabrem hoje em Mumbai após 18 meses

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório