Meteorologia

  • 20 MAIO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 34º

Blinken pede adoção de meios pacíficos para solucionar crise na Ucrânia

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, apelou hoje ao Presidente russo, Vladimir Putin, para escolher a "via pacífica" para a saída da crise com a Ucrânia. 

Blinken pede adoção de meios pacíficos para solucionar crise na Ucrânia
Notícias ao Minuto

11:58 - 19/01/22 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Espero sinceramente que possamos permanecer numa via diplomática e pacífica, mas essa será, no limite, uma decisão do Presidente Putin", disse Antony Blinken, durante uma visita à embaixada de Washington na capital da Ucrânia, Kiev, que acontece 48 horas antes do encontro com o seu homólogo russo, Serguei Lavrov, que vai decorrer em Genebra (Suíça).

Blinken alertou que se Vladimir Putin não decidir pela via diplomática "vai escolher o confronto" e essa circunstância, frisou, "vai ter consequências para a Rússia".

"Nós sabemos que existem planos para aumentar ainda mais, a breve prazo, a força (militar russa). Isso dá ao Presidente Putin, também num curto prazo, a possibilidade de tomar ações agressivas contra a Ucrânia", sublinhou Blinken.

O secretário de Estado norte-americano está hoje na Ucrânia para demonstrar o apoio dos Estados Unidos da América (EUA) a Kiev, perante os receios de uma potencial ofensiva russa.

Dezenas de milhares de soldados russos foram destacados para zonas próximas da fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, manobras que fizeram aumentar os receios de uma eventual invasão por parte de Moscovo.

A Rússia tem desmentido qualquer intenção bélica, mas formulou diversas exigências, que se destinam a garantir a sua própria "segurança".

Por outro lado, esta semana, a Bielorrússia anunciou a realização de manobras militares conjuntas com a Rússia durante o mês de fevereiro.

Para Blinken, a Rússia - que exige nomeadamente garantias de que a Ucrânia não irá juntar-se à Aliança Atlântica (NATO) -- procura "questionar alguns princípios fundamentais que sustentam todo o 'sistema internacional' e que são necessários para tentarem manter a paz e a segurança, como o princípio de que um país não pode alterar as fronteiras pela força".

"Se nós permitirmos que esses princípios sejam violados de forma impune vamos abrir uma grande 'Caixa de Pandora'", acrescentou Blinken.

Entretanto, os EUA anunciaram hoje uma ajuda suplementar de 200 milhões de dólares (cerca de 175 milhões de euros) à Ucrânia no quadro da ameaça de uma potencial ofensiva russa.

A administração do Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, "aprovou no mês passado uma provisão de 200 milhões de dólares de ajuda suplementar - para as áreas da defesa e segurança - aos nossos parceiros ucranianos", revelou, em declarações à agência France-Presse (AFP), um alto responsável norte-americano.

Em Kiev, Blinken irá encontrar-se com o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, bem como o seu homólogo ucraniano, Dmytro Kouleba.

Leia Também: Ucrânia: Washington anuncia ajuda suplementar de 200 milhões de dólares

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório