Meteorologia

  • 20 MAIO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 34º

Ucrânia: NATO reforça patrulhas aéreas no Báltico

A NATO decidiu hoje o reforço da sua patrulha aérea sobre os países bálticos, com mais quatro caças dinamarqueses, num contexto de escalada de tensões com a Rússia devido ao reforço militar deste país junto às fronteiras da Ucrânia.

Ucrânia: NATO reforça patrulhas aéreas no Báltico
Notícias ao Minuto

20:12 - 18/01/22 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Saudamos a decisão da Dinamarca de oferecer aviões de combate adicionais à missão de vigilância aérea da NATO nos países bálticos", disse em comunicado o porta-voz adjunto da NATO, Piers Cazalet, numa referência à Estónia, Letónia e Lituânia, ex-repúblicas soviéticas e atuais membros da organização milita aliada.

A Dinamarca está a preparar quatro dos seus F-16 para uma nova operação na Lituânia em apoio à missão da NATO de patrulha aérea reforçada nos países bálticos.

"Esta é uma contribuição substancial para a nossa defesa coletiva e uma sólida demonstração das importantes contribuições da Dinamarca para a segurança da Aliança", prosseguiu Cazalet.

O porta-voz indicou que, "como a Dinamarca deixou claro", esta decisão de reforçar a patrulha báltica "produz-se no contexto da atual crise provocada pelo contínuo reforço militar da Rússia dentro e nas proximidades da Ucrânia".

"Mantemo-nos sempre vigilantes", assegurou.

Na semana passada, a Estónia solicitou à Aliança mais efetivos nos Estados bálticos, quando os aviões de combate da NATO permanecem ativos por toda a Europa e preparados para atuar no caso de voos suspeitos ou não anunciados nas proximidades do seu espaço aéreo.

Em 2014 a NATO introduziu uma "vigilância aérea reforçada" para aumentar a capacidade defensiva com três destacamentos preparados para atuar a partir da Estónia, Lituânia e Polónia.

A missão é supervisionada pelo Centro Combinado de Operações Aéreas Aliadas, sediado em Ramstein (Alemanha), e as diversas contribuições nacionais, são controladas e taticamente administradas pelo Centro de Operações Aéreas Combinadas (CAOC) do norte da Aliança em Uedem, também na Alemanha.

Leia Também: Novo encontro Blinken-Lavrov com ataque russo "a qualquer momento"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório