Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 26º

Negacionista morre ao expor-se à Covid-19 para ter certificado

O marido e filho ficaram infetados com Covid-19 antes do Natal e a mulher recusou-se a ser vacinada

Notícias ao Minuto

15:35 - 18/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

Uma cantora folclórica checa morreu após ficar deliberadamente infetada com Covid-19 para, como a própria alegou nas redes sociais, ter acesso ao certificado de recuperação que lhe permitisse ir ao teatro e à sauna, por exemplo. 

A mulher já se tinha assumido como antivacinas. 

Hana Horka, vocalista da banda Asonance, morreu no domingo, aos 57 anos, após contrair a variante Delta, de acordo com seu filho Jan Rek.

A mulher expôs-se ao vírus voluntariamente quando o marido e filho, ambos vacinados, ficaram infetados antes do Natal, disse Rek à rádio pública iRozhlas.cz.

"Ela decidiu continuar a viver conosco normalmente e preferiu ficar infetada a vacinar-se", disse ainda o filho. Nas redes sociais, a última publicação da mulher é em jeito de piada em como está a sobreviver à Delta e que em breve poderá visitar estabelecimentos culturais sem ter de estar testada ou vacinada, uma vez que teria direito ao certificado de recuperação. 

Segundo o filho, Horka saiu para passear, mas quando voltou, começou a queixar-se de dores nas costas e pouco depois morreu. Na mesma entrevista, o filho culpou um movimento antivacinas local, acreditando que a terão influenciado. 

Leia Também: Portugal regista mais 43.729 casos e 46 mortes por Covid-19


 
 
 


 
 
 


 
 
 


 
 
 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Campo obrigatório