Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 16º MÁX 35º

Polícia investigado após sufocar colega que tentou intervir em detenção

Mulher polícia tentou impedir um comportamento de abuso de força, mas Christopher Pullease atacou-a, apertando-lhe o pescoço.

Polícia investigado após sufocar colega que tentou intervir em detenção

Um polícia do estado norte americano da Flórida está a ser investigado por ter asfixiado uma colega que interveio quando este tentava deter um suspeito algemado com força excessiva. 

De acordo com o New York Post, o polícia veterano de Sunrise, Christopher Pullease, de 46 anos, é acusado de atacar uma polícia de 28 anos que o acompanhava no dia 19 de novembro. 

As imagens gravadas pelas câmaras corporais, divulgadas só na semana passada, mostram a agressividade com que Christopher agiu para com a colega. 

O ataque aconteceu durante a detenção de um homem por agressão agravada. Pullease é visto a dirigir-se até o suspeito enquanto outros polícias lutavam para colocá-lo dentro do carro das autoridades.

O polícia ter-se-á inclinado para dentro do carro, agarrou no spray de gás pimenta e apontou para o suspeito enquanto falava com ele. Foi nessa altura que a polícia feminina tentou intervir. 

Nesse momento, Pullease vira-se, agarra no pescoço da polícia e empurra-a contra outro carro-patrulha.

O chefe de polícia de Sunrise, Anthony Rosa, classificou o comportamento de Pullease e elogiou a atitude da polícia que tentou manter a situação controlada sem abuso da força. 

Leia Também: Twitter ajuda a localizar menina em risco de abuso sexual em Espanha

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório