Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 27º

Eric Zemmour acusado de discurso de ódio após ataque a crianças migrantes

"Ladras", "violadoras" e "assassinas": estas foram as palavras usadas pelo candidato à presidência francesa para descrever as crianças migrantes que viajam sozinhas para a Europa.

Eric Zemmour acusado de discurso de ódio após ataque a crianças migrantes
Notícias ao Minuto

16:27 - 17/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo França

Eric Zemmour, candidato de extrema-direita à presidência francesa, foi multado em 10.000 euros por um tribunal parisiense por motivos de discurso de ódio. O advogado do candidato já adiantou, no entanto, que Zemmour vai recorrer da decisão judicial.


O caso desenrolou-se após uma aparição do candidato no canal televisivo CNews, em setembro de 2020, durante a qual descreveu as crianças migrantes que viajam para a Europa desacompanhadas como sendo "ladras", "violadoras" e "assassinas". 

"Eles não têm nada a fazer aqui. São ladrões, são assassinos, são violadores, isso é tudo o que são. Devem ser mandados de volta e nem sequer devem vir", defendeu Eric Zemmour, quando falando sobre um ataque que tinha decorrido pouco tempo antes, pelas mãos de um jovem imigrante paquistanês radicalizado.

Eric Zemmour, anteriormente jornalista, é conhecido pelas suas posições anti-imigração e anti-islâmica. Reagindo a este veredito, através das redes sociais, o candidato alegou que a sua liberdade de expressão está a ser restringida, defendendo ainda que existe uma "necessidade urgente de manter questões de ideologia fora dos tribunais".

O candidato à presidência francesa optou por não marcar presença no julgamento deste caso, que decorreu no passado mês de novembro. Os procuradores argumentaram, nesse momento, que os comentários de Zemmour eram "desdenhosos" e "ultrajantes", e que "os limites da liberdade de expressão foram ultrapassados".

Esta que se trata já da terceira condenação de Zemmour por motivos de discurso de ódio surge numa altura em que as sondagens estimam que o candidato da extrema-direita possa atingir cerca de 11% de votos na primeira volta das eleições presidenciais francesas. 

Leia Também: Simpatizantes de Zemmour simulam disparos contra Macron

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório