Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Rússia anuncia exercícios militares nos seus territórios da Sibéria

O Ministério da Defesa russo anunciou hoje um conjunto de exercícios de inverno para testar a capacidade de combate mobilização de tropas na Sibéria oriental, no extremo oriente e na região de Rostov, limítrofe do Donbass ucraniano.

Rússia anuncia exercícios militares nos seus territórios da Sibéria
Notícias ao Minuto

19:36 - 14/01/22 por Lusa

Mundo Rússia

Segundo o comunicado, hoje decorreu uma inspeção surpresa às unidades do Distrito militar oriental no âmbito dos preparativos para as manobras estratégicas "Vostok 2022" que abrangem os estados-maiores dos três ramos militares.

Diversas destas unidades vão efetuar "marchas combinadas" em direção a polígonos militares "desconhecidos, situados a considerável distância das suas bases permanentes de estacionamento" para cumprir missões de treino.

Nestes exercícios será fornecida particular atenção à rede de transportes para garantir a mobilização de tropas nos prazos estabelecidos.

Em simultâneo, o serviço de imprensa do Distrito militar sul informou que as tripulações de tanques da Divisão motorizada 150 efetuaram exercícios de tiro nos polígonos da região de Rostov, limítrofe do Donbass ucraniano.

Nestes exercícios participam cerca de 2.500 militares e uma centena de tanques T-72B3.

Os aeroportos desta zona também vão ser utilizados para práticas aéreas com participação de caças Su-30SM e Su-27, informou o Distrito militar sul.

"As tripulações dos caças participarão na proteção de bombardeiros durante os seus exercícios", indicou esta entidade, ao assinalar que os aviões "vão entrar em combate com um inimigo virtual".

Estes exercícios decorrem num período de elevada tensão entre a Rússia e a Ucrânia, que acusa Moscovo de concentrar tropas nas proximidades da sua fronteira e preparar uma invasão durante este inverno.

Moscovo considera que a concretização destes exercícios junto às suas fronteiras constitui um direito soberano e não implica uma "escalada" da tensão na fronteira ucraniana.

Leia Também: Mar a ferver na Sibéria? Apenas ilusão após queda das temperaturas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório