Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Jovem migrante de 20 anos morre ao tentar atravessar o Canal da Mancha

Um jovem migrante morreu hoje ao tentar cruzar o Canal da Mancha, entre França e Inglaterra, juntamente com cerca de trinta outros, que foram resgatados em Berck (norte da França), anunciaram as autoridades locais.

Jovem migrante de 20 anos morre ao tentar atravessar o Canal da Mancha

A vítima é um homem com cerca de 20 anos, com provável nacionalidade sudanesa, segundo a Procuradoria de Justiça de Boulogne-sur-Mer, que abriu uma investigação contra desconhecidos por homicídio involuntário.

Esta é a primeira morte de um migrante no Canal da Mancha registada este ano.

Segundo as autoridades locais, no ano passado morreram 30 pessoas e desapareceram quatro, o que inclui 27 migrantes que morreram a 24 de novembro, no naufrágio do barco onde seguiam ao largo de Calais, naquela que foi considerada a pior tragédia desta rota migratória.

Segundo a Procuradoria de Justiça, as 32 pessoas que estavam a tentar fazer a travessia do canal com a jovem vítima foram socorridas "sãs e salvas", mas em estado de hipotermia.

De acordo com uma fonte ligada à investigação citada pela agência de notícias AFP, os migrantes estavam "num bote semirrígido" e poderão ter ficado presos na descida da maré, já que alguns foram encontrados em bancos de areia.

As travessias do canal, de França para Inglaterra, a bordo de pequenos barcos atingiram um número recorde em 2021, com mais de 28.000 pessoas a recorrerem a essa forma de alcançar o Reino Unido, segundo a agência de imprensa britânica PA.

De acordo com a mesma fonte, só no mês de novembro do ano passado, quase 6.900 pessoas chegaram à costa inglesa, incluindo um recorde de 1.185 num só dia.

O fenómeno, que tem crescido significativamente desde 2018, devido ao fecho do porto de Calais e do Eurotúnel -- vias que os migrantes costumavam usar para atravessar a fronteira escondidos em veículos -, está a criar uma tensão crescente nas relações entre Londres e Paris.

As autoridades britânicas consideram insuficientes os esforços desenvolvidos pelo lado francês para impedir os migrantes de embarcar na travessia, apesar de o Governo inglês ter acordado numa ajuda financeira a França para aumentar os esforços.

Leia Também: Migrações: Médicos Sem Fronteiras denunciam prisão de centenas na Líbia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório