Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2022
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Mineradora brasileira assina acordo com siderúrgica chinesa

A mineradora brasileira Vale anunciou na quinta-feira a assinatura de um acordo com a siderúrgica chinesa Guangxi Liuzhou Iron and Steel Group para reduzir as emissões de carbono no fabrico de aço.

Mineradora brasileira assina acordo com siderúrgica chinesa
Notícias ao Minuto

08:41 - 14/01/22 por Lusa

Mundo Mineradora

Segundo um comunicado, o memorando de entendimento prevê que a Vale forneça minério de ferro de maior qualidade a uma siderurgia que a Guangxi Liuzhou pretende estabelecer no sudeste asiático.

O grupo chinês pretende ainda aplicar tecnologia desenvolvida pela Tecnored Desenvolvimento Tecnológico SA, uma subsidiária da Vale, para utilizar os resíduos do fabrico de aço na geração de energia.

As duas empresas vão ainda estudar a possibilidade de construir unidades de processamento de minério de ferro em portos chineses ou em instalações da Guangxi Liuzhou.

A Vale, uma das maiores produtoras e exportadoras de ferro do mundo, diz que a iniciativa vai ajudar a empresa a atingir o compromisso de reduzir em 15 por cento as emissões de carbono até 2035 e a alcançar a neutralidade carbónica até 2050.

A mineradora brasileira assinou em novembro um acordo semelhante com a siderúrgica China Baowu Steel Group Corp Ltd.

Esse memorando prevê ainda que a Vale avalie com o grupo estatal chinês a utilização, na produção de aço, de fornos alimentados a biocarbono -- carvão neutro em carbono, produzido a partir de biomassa --, em vez de combustíveis fósseis.

As duas empresas decidiram também ainda discutir um possível investimento da Vale, de até 70 milhões de yuan (9,6 milhões de euros), num projeto piloto de produção de biocarbono da Baowu.

Em outubro, o grupo brasileiro assinou um outro acordo de redução das emissões de carbono no fabrico de aço com a siderúrgica chinesa Jiangsu Shagang Group Co Ltd.

Em junho, a Vale criou uma parceria com duas empresas chinesas para a construção e operação de uma fábrica de processamento de níquel no centro da Indonésia.

Segundo um comunicado, o projeto reúne a subsidiária local do grupo brasileiro, PT Vale Indonesia Tbk, a Taiyuan Iron and Steel, subsidiária da Baowu, e a fabricante chinesa de níquel Shandong Xinhai Technology.

VYQ // SB

Lusa/Fim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório