Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Washington aprova libertação de mais 5 reclusos da prisão de Guantánamo

Os Estados Unidos aprovaram a libertação de mais cinco reclusos da prisão de Guantánamo, onde 39 prisioneiros permanecem, suspeitos de serem cúmplices de grupos terroristas como a Al-Qaeda, segundo documentos do Pentágono hoje consultados.

Washington aprova libertação de mais 5 reclusos da prisão de Guantánamo

Os iemenitas Mouaz Hamza al-Alaoui, Souheil al-Charabi e Omar al-Rammah, o somali Guled Hassan Duran e o queniano Mohammed Abdul Malik Bajabu receberam ordem de saída no final de 2021, de acordo com novos documentos divulgados esta semana pela comissão de revisão de Guantánamo.

A luz verde para a sua libertação eleva para 18 o número de detidos que devem ser libertados se os Estados Unidos encontrarem para eles um local de acolhimento.

Este requisito pode atrasar a sua saída de Guantánamo, já que Washington não repatria os ex-prisioneiros para o Iémen, país que atravessa uma violenta guerra civil, nem para a Somália, outro país em crise.

Especialistas independentes contratados pelas Nações Unidas deram instruções, esta semana, aos Estados Unidos para que encerrem a prisão militar em Guantánamo, alegando que se trata de um local de "incessantes violações dos direitos humanos".

Localizada numa base naval norte-americana no leste de Cuba, a prisão de Guantánamo foi inaugurada em 2002 por ordem do então Presidente norte-americano George W. Bush (2001-2009), em resposta aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, e ainda hoje abriga 39 detidos.

Esta semana, o Pentágono admitiu ainda que há 10 reclusos com processos perante comissões militares dos EUA - com acusações pendentes ou a meio de processos ou prestes a serem julgados - enquanto dois já foram julgados perante comissões militares.

RJP // PDF

Lusa/Fim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório