Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2022
Tempo
13º
MIN 5º MÁX 15º

Edição

Boris sobre festa polémica: "Acreditava que era um evento de trabalho"

Primeiro-ministro do Reino Unido pediu desculpa à população.

Boris sobre festa polémica: "Acreditava que era um evento de trabalho"

Boris Johnson admitiu esta quarta-feira, pela primeira vez, que esteve presente na polémica festa em Downing Street, realizada em maio de 2020, durante o primeiro confinamento devido à pandemia de Covid-19.

O primeiro-ministro do Reino Unido compareceu na Câmara dos Comuns, após a divulgação de um e-mail que dava conta de um pedido aos cerca de 100 convidados: “Tragam a vossa própria bebida”.

“Quero pedir desculpa. Eu sei que milhões de pessoas em todo o país fizeram sacrifícios extraordinários nos últimos 18 meses. Sei a angústia pelo qual passaram, sem poder fazer o luto dos seus familiares, sem poder viver como queriam, ou fazer as coisas de que gostam”, começou por afirmar. 

O primeiro-ministro britânico frisou várias vezes que “assume todas as responsabilidades”, no entanto explica que considerou que se tratava de “um evento de trabalho”. 

“O número 10 [de Downing Street] é um grande edifício com um jardim, que está em uso constante devido ao papel do ar livre na interrupção [da propagação] do vírus”, explicou.

“Quando entrei naquele jardim, depois das 18 horas de 20 de maio de 2020, para agradecer ao meu grupo de funcionários antes de voltar para o meu escritório 25 minutos depois para continuar a trabalhar, acreditei implicitamente que este era um evento de trabalho”, reiterou. 

Contudo, agora reconhece que “devia ter mandado todos para dentro”.

Leia Também: "Tragam as vossas bebidas", diz convite da festa onde esteve Boris

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório