Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
25º
MIN 14º MÁX 26º

Turquia diz ter morto 12 curdos na Síria após morte de 3 soldados turcos

O Exército turco matou 12 alegados membros das milícias curdo sírias no norte da Síria, em resposta às mortes de três soldados turcos no sábado na mesma região, informou hoje o Ministério da Defesa.

Turquia diz ter morto 12 curdos na Síria após morte de 3 soldados turcos
Notícias ao Minuto

10:55 - 09/01/22 por Lusa

Mundo Turquia

Num comunicado hoje divulgado, o Ministério da Defesa turco relata uma operação contra as Unidades de Proteção do Povo (YPG) da milícia curda, que Ancara considera terrorista pelas ligações ao extinto Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a guerrilha curda na Turquia.

A mesma fonte explica que a operação foi lançada depois de três soldados turcos, incluindo um comandante, terem sido mortos, no sábado, num ataque com explosivos artesanais colocados na fronteira sírio turca, na província de Sanliurfa, na região sudeste da Anatólia.

A Turquia tem tropas posicionadas em solo sírio, junto à fronteira norte do país vizinho.

No final de outubro, o Parlamento turco, dominado pelo partido islâmico do Presidente, Recep Tayyip Erdogan, prorrogou por dois anos o mandato que permite ao Governo enviar forças militares para o estrangeiro.

A decisão serve de proteção legal para intervenções militares na Síria e no Iraque para "defender a fronteira sul" da Turquia, e foi votada dessa forma pela primeira vez em 2012, após a eclosão da guerra civil na Síria.

Desde 2007 já existe um mandato, também renovado anualmente, que permite o envio de soldados para o norte do Iraque para atacar supostos abrigos do PKK naquele país.

Leia Também: Turquia adverte Grécia para não testar a sua paciência com provocações

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório