Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2022
Tempo
26º
MIN 16º MÁX 28º

Funcionários da Migração moçambicana detidos por suspeita de incêndio

O Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) moçambicano deteve três funcionários do Serviço de Migração da cidade de Nampula, norte do país, suspeitos de mandar atear fogo para queima de arquivo com alegadas provas de envolvimento em atividades criminosas.

Funcionários da Migração moçambicana detidos por suspeita de incêndio

A porta-voz do Sernic na província de Nampula, Énia Tsinine, disse hoje em conferencia de imprensa que o incêndio aconteceu no dia 05 e afetou os gabinetes do diretor e da secretaria do Serviço de Migração da Cidade de Nampula.

As chamas destruíram documentos e bens que se encontravam nos locais atingidos pelo fogo, afirmou Tsinine.

Na sequência de averiguações ao sucedido, foram detidos três funcionários suspeitos de terem contratado uma pessoa que ateou fogo às instalações, acrescentou.

Antes do incêndio, os três suspeitos vinham sendo investigados por alegado envolvimento na falsificação de vistos de trabalho para estrangeiros, documentos de autorização de residência de estrangeiros e passaportes.

"Foi um trabalho aturado de investigação. A fonte [que fez a denúncia do caso] e a migração forneceram-nos alguns dados que levaram a esta conclusão", declarou a porta-voz do Sernic em Nampula.

Énia Tsinine adiantou que o autor do fogo posto encontra-se foragido.

Leia Também: EUA vão suspender restrições para voos desde África do Sul e Moçambique

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório