Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 12º MÁX 24º

Estará a queda nas taxas de fertilidade relacionada com poluição?

A queda nas taxas de fertilidade pode estar ligada à poluição de combustíveis fósseis, conclui uma revisão feita a vários estudos na Dinamarca.

Estará a queda nas taxas de fertilidade relacionada com poluição?
Notícias ao Minuto

23:18 - 15/12/21 por Notícias ao Minuto

Mundo combustíveis fósseis

Cientistas dinamarqueses acreditam que a redução das taxas de fertilidade poderá estar relacionada com  a poluição de combustíveis fósseis que se verifica desde o início da industrialização e, por isso, pedem mais pesquisas sobre este possível impacto.

Os investigadores avançam que uma em cada 10 crianças dinamarquesas nasce através de reprodução assistida e mais de 20% dos homens nunca têm filhos. 

Segundo o The Guardian, os especialistas alertaram para o facto de esta tendência poder causar um desequilíbrio demográfico, havendo cada vez menos jovens para assegurar as gerações mais velhas.

“Temos que ter consciência de que sabemos muito pouco sobre a infertilidade na população, então o próximo passo seria realmente descobrir a razão de tantos casais jovens não terem filhos”, disse Niels Erik Skakkebæk, professor da Universidade de Copenhagen, capital da Dinamarca, e principal autor do estudo publicado na revista Nature Reviews Endocrinology.

“O que me impressionou neste estudo foi descobrir que grande parte da vida moderna tem origem nos combustíveis fósseis”, disse Skakkebæk, acrescentando: “Não pensamos sobre isso. Quando compramos um par de sapatos feitos de produtos químicos originalmente produzidos a partir de combustíveis fósseis”.

O que despertou esta iniciativa por parte de Niels Erik e dos colegas foram várias pesquisas que têm mostrado taxas crescentes de infertilidade humana devido a razões biológicas, incluindo 74.000 casos anuais de cancro nos testículos, espermatozoides insuficientes, fraca qualidade dos óvulos, puberdade prematura em mulheres jovens e um aumento no número de más formações nos genitais dos bebés do sexo masculino. 

Leia Também: Investimentos em bem-estar animal podem vir a ter apoio comunitário

Recomendados para si

;
Campo obrigatório