Meteorologia

  • 25 JUNHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 23º

Tiroteio na escola de Michigan origina legislação sobre armas

O objetivo passa por um armazenamento mais seguro das armas de fogo.

Tiroteio na escola de Michigan origina legislação sobre armas
Notícias ao Minuto

16:30 - 15/12/21 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Depois do tiroteio na Oxford High School, em Oakland, que vitimou quatro estudantes e feriu outros sete, a congressista Elissa Slotkin, representante do Michigan, vai introduzir uma lei que impõe o armazenamento seguro das armas de fogo, esta quarta-feira.

‘Armas seguras, crianças seguras’ (‘Safe Guns, Safe Kids Act’) é o nome da nova legislação, que prevê que quem tenha armas as tenha de armazenar de forma a que não sejam acessíveis a crianças, impondo uma pena de prisão de até cinco anos caso uma criança se magoe a si mesma, ou outros.

Recorde-se que a arma semiautomática usada no tiroteio foi comprada legalmente pelo pai do jovem, segundo dados revelados durante a investigação.

"As ações dos pais vão muito para além da negligência. Obviamente estamos a acusar em toda a sua extensão o atirador, mas existem outros indivíduos que devem ser responsabilizados", salientou, na altura, a procuradora-geral do condado de Oakland, Karen McDonald, numa entrevista à rádio WJR-AM.

Esta é mais uma tentativa dos democratas de implementar medidas sobre as armas de fogo no país, que têm sido repetidamente bloqueadas pelos republicanos no Congresso.

“O que se destacou em Oxford foi o papel dos pais”, disse Slotkin à CNN.

“Criámos esta legislação tendo em conta o bom trabalho feito tanto no Michigan, como a nível federal, culminando numa lei que fará com que seja ilegal que uma pessoa mantenha uma arma que não seja armazenada de forma segura e que permita o seu acesso a crianças”, acrescentou.

Ethan Crumbley, de 15 anos, está acusado de duas dúzias de crimes como adulto, incluindo homicídio, tentativa de homicídio e terrorismo. Os pais, por sua vez, acabaram por ser detidos em Detroit, sendo alvo de quatro acusações de homicídio involuntário. Caso sejam condenados, enfrentam até 15 anos de prisão, segundo a Associated Press.

Uma acusação por homicídio involuntário pode acontecer caso os procuradores acreditem que alguém contribuiu fortemente para uma situação que causou ferimentos ou morte, segundo a lei daquele estado norte-americano.

Leia Também: Pais de adolescente que matou alunos no Michingam dizem-se inocentes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório