Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

Vulcão nas Canárias cessa emissão de cinzas

O vulcão de La Palma, em Espanha, cessou a emissão de cinzas que hoje tinha reiniciado, assim como a atividade vulcânica na encosta leste, informou a porta-voz do Plano de Emergência para o Risco Vulcânico das Ilhas Canárias.

Vulcão nas Canárias cessa emissão de cinzas

A porta-voz científica do Plano de Emergência para Risco Vulcânico das Ilhas Canárias (Pevolca), María José Blanco, informou que também parou o ruído do vulcão que, após 36 horas com uma atividade "bastante silenciosa" e sem muita emissão de lava, voltou a ter atividade vulcânica cerca das 13:00, acompanhada da emissão de cinzas, um som contínuo e a expulsão de bombas vulcânicas.

Também se registou uma pequena escorrência de lava ao norte da corrente pré-existente.

O diretor técnico da Pevolca, Miguel Ángel Morcuende, afirmou que se observou um transbordo "importante" de lava que, em princípio, corre por cima das correntes anteriores de lava, o que está a ser monitorizado pela Unidade de Emergência Militar (UME) a fim de obter mais dados.

"É importante saber se parou ou continua o impulso energético", disse Morcuende, que indicou, contudo, que a atividade é baixa e a emissão de gases cessou, como se pode ver desde Tajuya.

O vulcão Cumbre Vieja assinala hoje 85 dias de atividade, tornando-se na maior atividade vulcânica registada em La Palma e numa das mais longas em Espanha, ainda que longe dos dados registados pelo Timanfaya, em Lanzarote, que no século XVIII esteve ativo durante seis anos.

O vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção em 19 de setembro, mantendo-se em atividade há quase três meses.

Leia Também: Ilhas Canárias identificam primeiro caso da nova variante Ómicron

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório