Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Mata família e suicida-se com medo de ir preso por falsificar certificado

Homem deixou carta antes de colocar um ponto final à sua vida, onde indicava ter receio de ser detido depois de ter falsificado um certificado de vacinação para a mulher. Filhos tinham 10, 8 e 4 anos.

Mata família e suicida-se com medo de ir preso por falsificar certificado

Um homem alemão matou os filhos, de 10, oito e quatro anos, e a mulher, e suicidou-se em seguida por medo de ir preso. De acordo com uma carta deixada antes de pôr um ponto final à própria vida, o homem terá falsificado um certificado de vacinação Covid-19 para a mulher e isso fez com que tomasse uma decisão radical. 

Os corpos dos membros da família foram encontrados este sábado com ferimentos de bala na casa onde viviam em Koenigs Wusterhausen, nos arredores de Berlim.

Segundo a nota deixada pelo homem, citada pelo procurador Gernot Bantleon à agência de notícias dpa, um dos seus empregados encontrou o falso certificado e o casal tinha medo de ser denunciado e consequentemente ir preso, deixando as crianças sem os seus cuidados. 

Não foram avançados, por enquanto, mais detalhes sobre o caso. 

Leia Também: Milhares de pessoas manifestam-se contra as medidas em Bruxelas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório