Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Detido suspeito de estar ligado ao homicídio de Jamal Khashoggi

Homem estava num aeroporto de Paris, prestes a embarcar num voo para a Arábia Saudita.

Detido suspeito de estar ligado ao homicídio de Jamal Khashoggi

Foi detido um homem suspeito de estar ligado ao homicídio do jornalista saudita Jamal Khashoggi, morto em 2018, em Istambul. O suspeito foi preso no aeroporto Roissy, perto de Paris, de acordo com a agência Reuters que cita fontes da polícia francesa.

Khalid Alotaibi, de 33 anos, estava prestes a embarcar num voo para Riade, na Arábia Saudita.

Os procedimentos para extraditar o homem para a Turquia já estão em andamento. Alotaibi foi colocado em detenção judicial ao abrigo de um mandado de prisão internacional emitido pela Turquia, devendo ser agora apresentado ao gabinete de um procurador de Paris, que o notificará do mandado de detenção.

Jamal Khashoggi - o jornalista saudita que estava exilado nos Estados Unidos, onde escrevia uma coluna para o jornal The Washington Post, com fortes críticas ao regime do seu país -- foi violentamente assassinado nas instalações do consulado da Arábia Saudita em Istambul, em 02 de outubro de 2018, por um comando de agentes de Riade

Depois de negar o assassínio, Riade acabou por admitir que a morte do jornalista fora cometida por diversos agentes sauditas que agiram por sua conta.

Após um julgamento na Arábia Saudita, muito criticado pela comunidade internacional, cinco sauditas foram condenados à morte e três a penas de prisão, mas, desde então, as sentenças de morte foram comutadas.

Leia Também: Membros do comando saudita que assassinou Khashoggi treinados nos EUA

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório