Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 16º

Edição

Israel congela plano para construção de colonato em Jerusalém leste

Responsáveis municipais de Jerusalém travaram hoje os planos para a construção de um grande colonato judaico num aeroporto abandonado no leste de Jerusalém, anunciou a organização não governamental (ONG) israelita Peace Now.

Israel congela plano para construção de colonato em Jerusalém leste
Notícias ao Minuto

20:48 - 06/12/21 por Lusa

Mundo ONG

A decisão de impedir a construção do colonato Atarot surgiu na sequência da oposição dos Estados Unidos ao projeto.

Os planos incluíam a construção de 9.000 casas destinadas a judeus ultraortodoxos numa área aberta, próxima de três comunidades palestinianas densamente povoadas, uma das quais se situa por detrás do controverso muro de separação construído por Israel.

Hagit Ofran, da organização israelita anti-construção de colonatos Peace Now, disse hoje que o comité de planeamento do distrito de Jerusalém, responsável pela aprovação do projeto, decidiu suspendê-lo após considerar a necessidade de um estudo prévio de impacto ambiental.

"Esperemos que utilizem este intervalo para perceber como este plano é ilógico para o desenvolvimento de Jerusalém e como irá comprometer as esperanças de paz" disse Ofran, que participou na reunião, citado pela agência noticiosa Associated Press (AP).

Os responsáveis oficiais da cidade não reagiram de imediato à decisão, mas na manhã de hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros israelita, Yair Lapid, tinha indicado que o Governo israelita não tem pressa em fornecer a aprovação final ao plano.

Lapid precisou que o plano necessita da aprovação do Governo central e de "total consenso" entre os diversos partidos que integram a coligação.

Israel ocupou Jerusalém leste em 1967 e anexou a zona da cidade, uma ação não reconhecida internacionalmente. Os palestinianos pretendem que Jerusalém seja declarada capital do seu futuro Estado, que incluirá a Cisjordânia ocupada e a Faixa de Gaza, submetida a prolongado bloqueio israelita.

Leia Também: Israel liberta prisioneiro que esteve em greve de fome 131 dias

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório