Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Karl Nehammer é o novo chanceler da Aústria e o terceiro em meses

O até agora ministro do Interior austríaco, Karl Nehammer, foi hoje oficialmente empossado como chanceler, o terceiro a ocupar o cargo em meses no país alpino, abalado por escândalos de corrupção.

Karl Nehammer é o novo chanceler  da Aústria e o terceiro em meses
Notícias ao Minuto

14:09 - 06/12/21 por Lusa

Mundo Karl Nehammer

O novo líder conservador, de 49 anos, tomou posse pouco depois das 13:00 (12:00 em Lisboa) perante o Presidente Alexander Van der Bellen, em Viena, de acordo com uma cerimónia transmitida pela televisão.

Considerado pelos comentadores como "leal" ao seu partido, o democrata-cristão conservador ÖVP, juntou-se ao governo no início de 2020 e com o ato de hoje termina, em princípio, com um período de três meses de instabilidade na Áustria.

Karl Nehammer substitui Alexander Schallenberg, que assumiu a liderança do governo a 11 de outubro e que agora é novamente ministro dos Negócios Estrangeiros, cargo que ocupou antes de ser Chanceler federal.

Schallenberg tinha sucedido a Sebastian Kurz, o líder conservador que dominou a política austríaca nos últimos cinco anos e que se demitiu por acusações de corrupção.

A Áustria, um dos países mais ricos e tradicionalmente mais estáveis da União Europeia (UE), sofreu convulsões políticas uma após outra desde que Kurz assumiu a liderança dos conservadores.

Primeiro caiu a grande coligação com os sociais-democratas, provocando eleições antecipadas em 2017 que Kurz venceu com facilidade e após a qual formou um governo com o ultranacionalista FPÖ.

Esta coligação desmantelou-se ao fim de 17 meses devido a um caso de corrupção, o que motivou uma moção de censura contra Kurz e novas eleições em outubro de 2019.

Estas eleições foram também ganhas pelo jovem conservador, que em janeiro de 2020 formou um novo governo, desta vez com Os Verdes, que Nehammer quer manter no seu executivo.

Juntamente com Nehammer, foi dada posse aos novos ministros das Finanças, do Interior, da Educação e dos Negócios Estrangeiros.

Esta mudança no leme do governo austríaco surge no meio de uma forte quarta vaga da pandemia de covid-19 no país.

O executivo de Nehammer deve decidir esta semana se vai acabar no próximo domingo com o confinamento em vigor há semanas ou se o mantém até às férias de Natal.

Leia Também: Novo chanceler da Alemanha escolhe epidemiologista para ministro da Saúde

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório