Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 26º

ONG pedem apoio do Papa para fim da rejeição de migrantes na Grécia

Trinta e seis organizações não-governamentais (ONG) apelaram na quinta-feira à intervenção do Papa Francisco, durante a visita deste à Grécia, para que acabe a rejeição ilegal de migrantes e refugiados nas fronteiras greco-turcas.

ONG pedem apoio do Papa para fim da rejeição de migrantes na Grécia

A carta, dirigida ao Papa Francisco e divulgada esta quinta-feira, relata "informações sobre graves violações de direitos humanos nas fronteiras europeias, de onde chegam a ser enviadas pessoas de volta para a Turquia".

"Esta prática ilegal tem de acabar", criticam as ONG, que alertam que "o seu uso sistemático põe em perigo a vida das pessoas, incluindo as crianças, que muitas vezes acabam abandonadas no meio do mar".

As ONG, onde se incluem a Médicos do Mundo e a Liga Grega para os Direitos Humanos, apelam à capacidade de influência do sumo pontífice para que estas práticas terminem e se "estabeleça um mecanismo independente de vigilância das fronteiras que investigue estes acontecimentos".

E solicitaram ainda uma reunião com o Papa Francisco, que tem visita programada, entre sábado e segunda-feira, a Atenas e ao acampamento de migrantes na ilha de Lesbos.

O diretor do Conselho de Refugiados, uma das 36 ONG que elaboraram a carta, referiu que o clima em relação aos migrantes e refugiados é "hostil e tóxico".

As denúncias de rejeições de migrantes nas fronteiras greco-turcas aumentaram desde 2019, quando o governo conservador no poder na Grécia reforçou o controlo das fronteiras, com a ajuda da Agência Europeia de Proteção de Fronteiras (Frontex), para limitar o número de entradas de migrantes e refugiados.

O provedor de justiça do cidadão grego abriu na quarta-feira uma investigação à alegada expulsão ilegal de um intérprete afegão que trabalhava para a Frontex, que relatou ter sido "maltratado e rejeitado em setembro juntamente com quase cem migrantes na Turquia", na fronteira terrestre de Evros.

A comissária europeia dos Assuntos Internos, Ylva Johansson, realçou que espera que rapidamente se dê início a "uma investigação independente e completa".

Já o porta-voz do Governo, Yannis Economou, questionado sobre o caso, referiu que Atenas avalia "qualquer denúncia que surja de fontes credíveis e confiáveis".

O Governo grego sempre negou categoricamente as acusações de rejeições a migrantes e ainda não criou o mecanismo de investigação independente exigido pela Comissão Europeia.

O ministro da Migração da Grécia, Notis Mitarachi, revelou recentemente que pediu à Autoridade de Transparência para investigar as queixas sobre rejeições ilegais de migrantes.

DMC // PDF

Lusa/Fim

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório