Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 15º

Edição

"Se sobreviver, a sua vida será muito diferente", diz família de infetado

Pai de oito crianças, sempre foi saudável, e nunca faltou ao trabalho por motivos da saúde. Agora, infetado com Covid-19, luta pela vida.

"Se sobreviver, a sua vida será muito diferente", diz família de infetado

James Grayson, de 41 anos, sempre foi um homem saudável. Até que, recentemente, contraiu Covid-19 e colapsou na sua própria casa.

O britânico foi levado de urgência para o hospital, onde se encontra ligado a um ventilador, em coma induzido. Os médicos dizem que as suas hipóteses de sobrevivência são, neste momento, de 50%.

A família diz-se devastada e surpreendida com a situação em que se encontra o homem.

James, que não possuía antecedentes de problemas de saúde, começou a sentir -se doente em outubro de 2019. O homem estava vacinado com a primeira dose da vacina e aguardava para receber a segunda dose. Acabou internado no hospital, onde já sofreu de insuficiência pulmonar, sépsis, coágulos sanguíneos e pneumonia.

A mulher Becky, com quem mantém uma relação há 12 anos, afirma que a família está a viver "um inferno". E revela que se viu obrigada a pedir ajuda - através de uma página de angariação de fundos - devido à situação complicada em que a família se encontra.

"Se ele sobreviver a isto, a sua vida será muito diferente. Precisará de vida adaptada, oxigénio doméstico e todos os dias serão mais difíceis. A sua recuperação levará anos, ele nunca recuperará totalmente", dá conta.

Leia Também: Austrália deteta dois primeiros casos da variante Omicron

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório