Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

Macau quer ordem na informação que circula na Internet

O chefe do executivo de Macau afirmou hoje que "a Internet não é um sítio sem lei" e que não pode haver "liberdade sem ordem", anunciando mudanças na cibercegurança no território.

Macau quer ordem na informação que circula na Internet
Notícias ao Minuto

15:22 - 25/11/21 por Lusa

Mundo Ho Iat Seng

"A Internet não é um sítio sem lei e que nada pode ser feito sem normas, não havendo liberdade sem ordem", afirmou Ho Iat Seng, na cerimónia de inauguração da sessão principal do China Internet Media Forum 2021, em Cantão.

O chefe do Governo frisou ainda que "com evolução das tecnologias digitais, diferentes formas de difusão de conteúdos na Internet já penetraram no quotidiano das pessoas, tornando-se numa fonte importante de obtenção de informações por parte das pessoas".

Por essa razão, o responsável defendeu a regulamentação e ordem da Internet, caso contrário vai inquietar e afetar a estabilidade da sociedade.

"Além das possíveis irregularidades na difusão de informações pelos 'media' na Internet, vários órgãos governamentais ou empresas privadas em todo o mundo, incluindo Macau, sofreram ataques cibernéticos, o que fez soar o alerta da cibersegurança no território", disse.

Por essa razão, Ho Iat Seng prometeu que o executivo dá e continuará a dar "elevada importância à questão da cibersegurança", adotando "medidas de resposta para garantir que a segurança da sociedade de Macau e do país não sofre eventuais ameaças".

Leia Também: Covid-19. Macau aprova vacina chinesa Sinopharm para maiores de três anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório