Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

Aldeia em choque. Família morre com Covid-19 no espaço de uma semana

Homem de 89 anos, a mulher de 82 e o filho de ambos, com 48 anos, desenvolveram uma forma grave da doença e morreram com dias de diferença.

Aldeia em choque. Família morre com Covid-19 no espaço de uma semana

A pequena aldeia de Courcelles-sous-Châtenois, em França, está em choque. Na localidade, com apenas 80 habitantes, três membros da mesma família morreram de Covid-19. 

No espaço de uma semana, um idoso de 89 anos, a mulher de 82 e o filho de ambos, com 48 anos, contraíram uma forma grave da doença. A família, que comparou o coronavírus a uma pequena gripe, rejeitou ser vacinada e foi apanhada pela quinta vaga da pandemia.

O filho, Dominique, que já sofria de problemas respiratórios, faleceu a 14 de novembro, em casa, sem chegar a saber que estava infetado.

Poucos dias depois, a mãe, Odile, sentiu-se mal e foi levada para o hospital, onde morreu no dia seguinte. O marido, Robert, de 89 anos, morreu passados cinco dias, também no hospital.

A história da família foi partilhada por um jornal local na passada segunda-feira.

Agora, uma familiar insiste na vacinação, sobretudo para os que já têm comorbilidades: "Quero mandar um recado para todos os não-vacinados, e principalmente para as pessoas frágeis como as que sofrem de doença crónica: têm de se vacinar. Já têm problemas de saúde, então se não se vacinarem só vão piorar as coisas", apelou na imprensa local.

Leia Também: França conhece novas medidas sanitárias na quinta-feira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório