Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Quase 30 mortos no naufrágio de um barco de migrantes perto de Calais

Ministro do Interior francês, Gerald Darmanin, está a caminho no local.

Pelo menos 27 pessoas morreram, esta quarta-feira, depois de um barco de migrantes ter naufragado no Canal da Mancha, ao largo de Calais, confirmou a polícia francesa. Duas pessoas foram resgatadas com vida.

A bordo estavam cerca de 50 pessoas, que tentavam chegar ao Reino Unido quando a embarcação virou.

As primeiras informações apontavam para pelo menos cinco mortos. Mais tarde, o ministro do Interior francês dava conta de pelo menos 31 mortos. Ao final da noite, a informação foi corrigida para 27 vítimas mortais.

Vários corpos foram recuperados por um navio da Marinha francesa.

As autoridades francesas e britânicas conduziram buscas no local, usando helicópteros e navios da guarda costeira. 

O ministro do Interior francês, Gerald Darmanin, que se deslocou ao local, descreveu o acidente como uma "tragédia".

Entretanto, o gabinete do primeiro-ministro britânico divulgou que Boris Johnson convocou o gabinete de crise.

A autarca de Calais, Natacha Bouchart, afirmou à televisão que entre as vítimas estava uma mulher grávida. Ainda que não tenha sido convidada a estar presente, Bouchart espera "decisões muito fortes" da reunião convocada pelo governo francês para amanhã.

Na segunda-feira, o Ministério do Interior britânico disse que o número de migrantes que atravessaram o Canal da Mancha para entrarem ilegalmente no Reino Unido ao longo deste ano é três vezes superior ao registado em 2020.

Os dados do ministério referem que 886 pessoas chegaram ao Reino Unido só no passado sábado, elevando o total desde o início deste ano a mais de 25.700. O ano passado foram identificados 8.469 migrantes.

No início deste mês registou-se um recorde de chegadas num só dia, com 1.185 migrantes.

[Notícia atualizada às 22h58]

Leia Também: Mais de 370 migrantes resgatados ao largo das Ilhas Canárias

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório