Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 29º

400 iraquianos voltam a casa depois de semanas a tentar entrar na UE

Cerca de 400 iraquianos deverão voar para casa hoje, deixando a Bielorrússia e abandonando a esperança de entrar na União Europeia, após mais de uma semana de tensões na fronteira oriental do bloco, onde centenas de migrantes permanecem encurralados.

400 iraquianos voltam a casa depois de semanas a tentar entrar na UE

Um avião com um número ainda desconhecido de passageiros pretende descolar de Minsk ao início da tarde e fazer duas paragens, uma na cidade de Erbil e outra na capital do Iraque, Bagdad.

Um total de 430 iraquianos inscreveram-se para os voos de regresso a casa e a maioria deles já estava no aeroporto hoje de manhã, de acordo com o cônsul do Iraque na Rússia, Majid al-Kilani.

Um grande grupo de pessoas -- que, segundo a ativista de direitos humanos polaca Natalia Gebert, pode ultrapassar as 10 mil -- está, desde 8 de novembro, encurralado entre a fronteira da Bielorrússia e a da Polónia, com ambos os países a expulsarem-nos.

A maioria destas pessoas provém do Médio Oriente e quer fugir de conflitos ou da falta de condições para viver nos seus países, estando a tentar chegar à Alemanha ou a outros países da Europa Ocidental.

O Ocidente acusa o Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, de ter atraído os migrantes para a fronteira, com vistos e promessas de facilitar a sua entrada na UE, para os usar como forma de desestabilizar o bloco de 27 Estados e retaliar pelas sanções aplicadas ao seu regime.

A Bielorrússia nega ter orquestrado a crise e acusa, por seu lado, a Polónia de estar a violar os direitos humanos ao não deixar entrar nenhum migrante no seu país.

Segundo a agência Associated Press, cerca de 2.000 pessoas acampam ao frio nas florestas que rodeiam a fronteira, incluindo crianças, e pelo menos 11 mortes foram registadas nas últimas semanas, devido à queda das temperaturas.

Na noite de terça-feira, as autoridades bielorrussas ofereceram-se para levar as pessoas para um armazém próximo, com aquecimento, colchões, água e refeições quentes.

No dia seguinte, estavam aí hospedados cerca de 1.000 migrantes, enquanto os restantes permaneciam nos acampamentos improvisados na fronteira, de acordo com a Cruz Vermelha Bielorrussa.

Leia Também: G7 pede fim da crise na fronteira bielorrussa

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório