Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 29º

Atenas. Milhares de pessoas celebraram levantamento universitário de 1973

Milhares de pessoas manifestaram-se hoje em Atenas, sob forte vigilância policial, para celebrar o 48ª aniversário do protesto estudantil em 1973 que provocou dezenas de mortos e assinalou o princípio do fim da ditadura dos coronéis na Grécia.

Atenas. Milhares de pessoas celebraram levantamento universitário de 1973
Notícias ao Minuto

18:06 - 17/11/21 por Lusa

Mundo Grécia

Durante todo o dia, políticos e cidadãos deslocaram-se à Universidade Politécnica Nacional, palco do protesto de 1973, para prestar homenagem às vítimas da repressão ditatorial e depositar os tradicionais cravos vermelhos no monumento que recorda um dos capítulos mais sombrios da ditadura militar grega (1967-1974).

A meio da manhã, um grupo anti-sistema tentou impedir que uma delegação do Syriza, o partido de esquerda que lidera a oposição, depositasse uma coroa de flores, provocando ferimentos ligeiros no ex-deputado do Syriza Nikos Manios, um dos participantes no levantamento da Politécnica em 1973, indicou a agência noticiosa Efe.

Um dos momentos mais emblemáticos ocorreu quando as juventudes socialistas colocaram frente à universidade, no local onde um tanque derrubou o gradeamento e invadiu o recinto, uma grande bandeira grega com sangue em sinal de protesto pelo apoio dos Estados Unidos à ditadura dos coronéis.

A bandeira foi transportada durante a tarde numa marcha encabeçada por estudantes e que seguiu em direção à embaixada dos Estados Unidos, sob o lema "48 anos depois permanece viva a memória coletiva".

O Governo mobilizou cerca de 6.000 polícias na capital, para assegurar a proteção de edifícios governamentais e efetuar controlos preventivos, em particular na zona de Exarchia, bairro onde se situa a Politécnica e palco de confrontos regulares entre grupos anti-sistema e a polícia.

O tráfego foi cortado nas ruas próximas da universidade e encerradas algumas estações de metro situadas no percurso da marcha até à embaixada dos EUA.

Entre 14 e 17 de novembro de 1973 registou-se uma rebelião estudantil na Universidade Politécnica de Atenas, incluindo com a transmissão de notícias via rádio à população, esmagada pela irrupção de tanques e forças policiais no recinto. No entanto, esta ação assinalou o início do fim da "Ditadura dos Coronéis", que caiu em julho de 1974 após sete anos no poder.

Na lista de mortos na Politécnica de Atenas, elaborada após o fim da ditadura, incluem-se os nomes de 55 pessoas, apesar de o balanço oficial indicar 24 vítimas mortais.

Leia Também: Grécia. Milhares de polícias no desfiles que assinalam revolta estudantil

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório