Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 34º

FAO alerta que crise alimentar na RDCongo vai agravar-se

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) alertou hoje que a crise alimentar na República Democrática do Congo (RDCongo) continuará a agravar-se nos próximos meses se a ajuda não for reforçada.

FAO alerta que crise alimentar na RDCongo vai agravar-se
Notícias ao Minuto

14:38 - 10/11/21 por Lusa

Mundo Congo

Cerca de 27 milhões de pessoas encontram-se em grave insegurança alimentar devido a falhas nas colheitas, doenças e às deficientes infraestruturas no país, de acordo com o último relatório da Classificação da Fase Integrada de Segurança Alimentar (IPC).

Para que as famílias possam ultrapassar estes obstáculos que enfrentam para se alimentarem, é necessário "ajudá-las a aumentar a sua resiliência e produtividade", através de apoio a curto e longo prazo, disse o representante da FAO na RDCongo, Aristide Ongone.

Segundo o relatório, os níveis de fome que afetam o país vão manter-se elevados durante a primeira metade de 2022 e poderão mesmo piorar em algumas regiões, especialmente entre os grupos mais vulneráveis, como crianças e mulheres grávidas.

As principais causas da crise no país são uma redução da produção agrícola, devido ao aumento da insegurança e à deterioração das comunicações e dos transportes.

Além disso, a pandemia de covid-19 agravou a crise económica, levando a preços mais altos, ao aumento do desemprego e a um acesso mais difícil aos mercados por parte dos agricultores.

Leia Também: RD Congo censura canções contra o presidente e classe dirigente no poder

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório