Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Níger recebe armas e veículos de França para combater grupos 'jihadistas'

O Níger recebeu hoje metralhadoras pesadas e veículos todo-o-terreno doados por França destinados a apoiar o país do Sahel no combate a grupos 'jihadistas', anunciou o Ministério da Defesa nigerino.

Níger recebe armas e veículos de França para combater grupos 'jihadistas'
Notícias ao Minuto

20:47 - 27/10/21 por Lusa

Mundo Níger

O departamento governamental nigerino anunciou que recebeu 28 veículos militares e 71 metralhadoras pesadas de 12,7 milímetros, destinadas ao batalhão especial de intervenção localizado em Dosso, no sudoeste do Níger.

O ministro da Defesa do Níger, Alassoum Indatou, saudou a "participação" de França no "aumento de força" do Exército do país na "luta contra o terrorismo e a criminalidade transfronteiriça", segundo a agência France-Presse.

"O Níger enfrenta com coragem e determinação grupos terroristas com métodos bárbaros", assinalou o embaixador francês no país, Alexandre Garcia, numa cerimónia realizada na capital, Niamey.

O Níger é palco, há vários anos, de ataques mortais por grupos 'jihadistas', em particular na região oeste, perto da fronteira com o Mali, onde o grupo Estado Islâmico está presente, e no sudeste, na fronteira com o Lago Chade e com a Nigéria, com forte presença dos grupos Boko Haram e Estado Islâmico na África Ocidental.

Na luta contra os grupos islâmicos armados, o Níger conta com o apoio logístico e de formação de França e Estados Unidos da América, que possuem bases no país.

Recentemente, e com o apoio da Alemanha, o Níger inaugurou também, recentemente, um centro de treino para as suas forças anti-'jihadistas' em Tillia, na região de Tahoua, perto do Mali.

"Um posto de comando avançado será brevemente instalado em Niamey para controlar operações conjuntas conduzidas pela força francesa Barkhane, pelos exércitos maliano e nigeriano e pela força conjunta do G5-Sahel na zona das três fronteiras", explicou à agência noticiosa francesa o porta-voz do Estado-Maior do Exército Francês, Pascal Ianni.

Leia Também: Niger: Seis soldados mortos em emboscada na região ocidental

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório