Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
12º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

"Tradição comunista" atrasa vacinação contra Covid-19 no Leste Europeu

A secretária de Estado dos Assuntos Europeus disse hoje no Parlamento que a antiga "tradição comunista" em países do leste europeu tem impedido campanhas de vacinação eficientes contra a pandemia de covid-19.

"Tradição comunista" atrasa vacinação contra Covid-19 no Leste Europeu
Notícias ao Minuto

14:04 - 26/10/21 por Lusa

Mundo Covid-19

"O Covid-19 foi um ponto difícil e complexo sobretudo na luta contra a desinformação em países onde há resistência à vacinação. A União Europeia defende o aumento das campanhas (de vacinação) onde por causa da tradição antiga, comunista, a população resiste a tudo aquilo que os governos mandam fazer", disse a secretária de Estado dos Assuntos Europeus, referindo-se a países como a Roménia e a Bulgária.

Ana Paula Zacarias esteve hoje na Comissão de Assuntos Europeus concentrada essencialmente no Conselho Europeu Informal do passado dia 05 de outubro e o Conselho Europeu de 21 e 22.

Sobre o covid-19, Ana Paula Zacarias disse que as falhas na vacinação podem "seguramente" provocar novos problemas de mobilidade na Europa.

"Em alguns países verifica-se uma preocupante quarta onda, sobretudo junto de populações não vacinadas", disse a secretária de Estado dos Assuntos Europeus.

Ainda no quadro das questões relacionadas com a crise sanitária, Ana Paula Zacarias, questionada pelo deputado do PSD José Luís Ramos, disse que o "pacote sobre a Saúde está em curso" referindo à eventual nova legislação da???? "União da Saúde".

"Há um impulso político", disse a secretária de Estado dos Assuntos Europeus sublinhando que "é preciso refletir sobre o tema da 'União da Saúde'".

"A 'União para a Saúde' tem um quadro legislativo em que ainda não há consenso pleno", disse a secretária de Estado.

Na sequência da intervenção do deputado do PCP Bruno Dias, sobre a liberalização das patentes das vacinas contra o SARS CoV-2, Ana Paula Zacarias disse que o assunto não foi abordado nas reuniões europeias mas referiu, por outro lado, a dificuldade que foi analisada e que afeta "países terceiros" na receção dos lotes das vacinas.

A ideia inicial era a facilidade da distribuição mas "há problemas técnicos" no envio dos compostos, referiu a secretária de Estado.

Ana Paula Zacarias disse ainda que o Certificado Europeu sobre o covid-19 é eficaz, e já aderiram, frisou, 43 "países terceiros, mais os 27 do bloco Europeu, sendo que outros 28 Estados já solicitaram a adesão ao documento europeu.  

Leia Também: Portugal é 23.º em novos casos diários na UE, situação agrava-se no leste

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório