Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Mali ordena expulsão de diplomata da CEDEAO Hamidou Boly

O representante especial da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) Hamidou Boly foi declarado pelo Mali como 'persona non grata' por "ações incompatíveis" com o seu estatuto, anunciou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).  

Mali ordena expulsão de diplomata da CEDEAO Hamidou Boly
Notícias ao Minuto

15:43 - 25/10/21 por Lusa

Mundo Hamidou Boly

"O Governo da República do Mali decidiu declarar o representante especial da CEDEAO no Mali 'persona non grata', tendo em conta as suas ações incompatíveis com o seu estatuto", segundo a decisão do MNE, divulgada pelo Office de Radiodiffusion-Télévision du Mali (ORTM).

O diplomata do Burkina Faso "tem 72 horas para deixar" o país, declarou o MNE, acrescentando que decisão lhe foi notificada pela manhã. 

As declarações não detalham os motivos da expulsão do diplomata. 

Esta decisão de expulsão vem "após vários avisos dirigidos à pessoa em questão através da sua hierarquia". 

O anúncio do Governo do Mali surge num contexto diplomático delicado, uma vez que o país teve recentemente dois golpes de Estado (um em agosto de 2020 e outro em maio de 2021) e surgem críticas internacionais, nomeadamente da CEDEAO, ao adiamento de eleições presidenciais e legislativas no país, que iriam permitir o regresso de um Governo civil. 

O Presidente do Gana Nana Akufo-Addo, também atual presidente da conferência dos chefes de Estado da CEDEAO, em visita ao Mali em 17 de outubro, entregou uma "mensagem firme" à junta no poder sobre a realização de eleições em fevereiro, disse à agência France-Presse um membro da sua delegação.

Leia Também: Hospitalização domiciliária chega a 390 doentes do Centro de Leiria

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório