Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Paris vai investir 250 milhões para impulsionar uso de bicicletas

Paris, 21 out 2021 (Lusa) -- Paris vai investir 250 milhões de euros na construção de ciclovias e locais de estacionamento protegidos e na redução do trânsito no centro da cidade, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Paris vai investir 250 milhões para impulsionar uso de bicicletas
Notícias ao Minuto

15:43 - 21/10/21 por Lusa

Mundo França

"Queremos fazer de Paris uma cidade 100% adaptada à bicicleta. Vamos acelerar a transformação da cidade em torno da bicicleta e alterar o espaço público", disse, numa entrevista ao diário Le Parisien, o responsável pela ecologia do executivo municipal, David Belliard, por ocasião da apresentação do seu plano de impulsionamento de uso da bicicleta.

A base dessa transformação, segundo Belliard, é reduzir o espaço dos automóveis particulares para deixar mais aos peões, aos autocarros, às bicicletas e à natureza.

"Agora, a bicicleta representa cerca de 5,6% das deslocações, enquanto os automóveis representam 9%. Em determinados dias e em determinados lugares, vemos que há mais utilizadores de bicicletas que de automóveis", acrescentou.

No Boulevard de Sébastopol, uma das principais artérias da capital francesa, são contabilizadas diariamente 20 mil deslocações de bicicleta, indicou a título de exemplo. Uma viagem média dentro da cidade é de 2,8 quilómetros.

Os 250 milhões de euros consagrados a este projeto sob o mandato da presidente da Câmara, Anne Hidalgo, que foi reeleita nas autárquicas de 2020 e permanecerá no cargo até 2026, são 100 milhões de euros a mais que o orçamentado para o período entre 2015 e 2020.

Desse total, 180 milhões destinam-se à construção e melhoria de infraestruturas e estacionamento de bicicletas, com a criação de cerca de 50.000 lugares na rua e outros tantos em espaços privados; 40 milhões são para programas educativos de segurança rodoviária para menores e associações; e o restante destina-se a obras em determinadas zonas de trânsito para limitar a circulação de outros veículos.

Na sua conta da rede social Twitter, o vereador precisou que o plano prevê a criação até 2026 de mais 130 quilómetros de ciclovias separadas do resto do tráfego, 390 quilómetros de ciclovias com dois sentidos e de apoio a empresas de economia circular que queiram utilizar a bicicleta para entrega de encomendas e transporte comercial.

Leia Também: Papa recebe presente muito especial e com dedicatória de Messi

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório