Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

EUA felicitam José Maria Neves e realçam "democracia pacífica"

Os Estados Unidos felicitaram José Maria Neves, eleito no domingo quinto Presidente de Cabo Verde, e salientaram a "pacífica democracia multipartidária" do país, "considerado um dos modelos mais estáveis e democráticos de África".

EUA felicitam José Maria Neves e realçam "democracia pacífica"

O porta-voz da diplomacia norte-americana, Ned Price, congratulou todos os candidatos e eleitores por terem conduzido "uma eleição livre, justa e de transparência processual, segundo o forte compromisso de Cabo Verde nos valores democráticos", de acordo com uma nota divulgada na segunda-feira.

"Os Estados Unidos estão ansiosos para trabalhar em estreita colaboração com Cabo Verde, para fortalecer ainda mais as relações sólidas entre as nossas nações e aprofundar a nossa parceria na segurança, transação e comércio, energia limpa e educação", salientou.

O antigo primeiro-ministro José Maria Neves, apoiado pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), atualmente na oposição, venceu no domingo as presidenciais à primeira volta, com 51,5% dos votos, de acordo com dados do apuramento provisório.

O também antigo primeiro-ministro Carlos Veiga, que se candidatou com o apoio do Movimento para a Democracia (MPD), no poder, e da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID, oposição), obteve 42,6% dos votos.

José Maria Neves vai suceder a Jorge Carlos Fonseca, que cumpre o segundo e último mandato legalmente previsto no cargo.

No discurso de vitória, José Maria Neves assumiu que vai "dialogar com todos", apelando à união de esforços entre os órgãos de soberania e sociedade civil na recuperação económica do país.

Além de Neves e Veiga, as presidenciais contaram com mais cinco candidatos, no total de sete pela primeira vez em Cabo Verde, depois de até agora o máximo ter sido quatro, em 2001 e 2011.

Estas eleições encerram o ciclo eleitoral iniciado em 25 de outubro de 2020, com as autárquicas, que prosseguiu em 18 abril passado, com as legislativas, sempre com a aplicação de medidas de proteção sanitária, como a utilização de máscara e desinfeção obrigatória à entrada das assembleias de voto, devido à pandemia de covid-19.

Cabo Verde já teve quatro Presidentes da República desde a independência de Portugal em 1975, sendo o primeiro o já falecido Aristides Pereira (1975-1991) por eleição indireta, seguido do também já defunto António Mascarenhas Monteiro (1991--2001), o primeiro por eleição direta. Em 2001, foi eleito Pedro Pires e, dez anos depois, Jorge Carlos Fonseca.

Leia Também: Capitalização da bolsa de Cabo Verde renova máximo nos 796 milhões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório