Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Gorila de quase 35 anos morre no Parque Nacional Kahuzi-Biega na RDCongo

Um gorila de quase 35 anos do Parque Nacional Kahuzi-Biega, descendente de um primata que ficou famoso por ter sido imortalizado numa nota na República Democrática do Congo (RDCongo), morreu no domingo, comunicou hoje o parque.

Gorila de quase 35 anos morre no Parque Nacional Kahuzi-Biega na RDCongo
Notícias ao Minuto

20:07 - 18/10/21 por Lusa

Mundo RDCongo

"O gorila solitário Mugaruka, de quase 35 anos, morreu de hemorragia gástrica. O corpo foi encontrado pelos guardas do parque numa plantação de chá junto ao seu 'habitat' natural", comunicou o chefe do departamento de comunicação do parque, Hubert Mulongoy, citado pela agência France-Presse.

Mulongoy acrescentou que "o gorila era o último descendente do famoso primata Maheshe, que foi assassinado por caçadores, mas imortalizado numa nota do antigo Presidente Mobutu Sese Seko".

"Ele costumava vir regularmente visitar-nos à sede do parque, fazendo os visitantes felizes, embora fosse um animal solitário porque perdeu o braço numa armadilha quando tinha 3 anos e meio", concluiu. 

Cobrindo 600.000 hectares, o Parque Nacional Kahuzi-Biega, localizado entre dois vulcões extintos, o monte Kahuzi (3.308 metros) e o monte Biega (2.790) no Kivu Sul, é o lar de uma das últimas populações de gorilas das planícies orientais (subespécie 'graueri'), que contam cerca de 250 indivíduos, segundo os dados divulgados pela reserva protegida.

Leia Também: RDCongo capturou soldados ruandeses que atravessaram fronteira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório