Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Peixe-lua de uma tonelada apanhado em Ceuta

Pescadores devolveram animal ao mar, depois de biólogos terem retirado amostras de ADN.

Peixe-lua de uma tonelada apanhado em Ceuta

Um gigantesco peixe-lua ficou preso nas redes de pesca de uma embarcação, na semana passada, a 500 metros da costa de Ceuta.

O tamanho do animal, com mais de uma tonelada e 3.20 metros de comprimento, intrigou os pescadores e biólogos. Antes de o devolverem ao seu habitat natural, foram retiradas amostras de ADN, para o estudar melhor.

Esta espécie é o peixe ósseo mais pesado do mundo. Nas últimas décadas foram encontrados muito poucos exemplares de peixe-lua em Espanha e, segundo os especialistas, nenhum destas dimensões.

“Foi excecional! No Japão foi capturado um peixe-lua com 2.7 metros que pesava cerca de duas toneladas. É uma espécie difícil de estudar, por isso recolhemos amostras antes de o devolver ao mar”, explicou Enrique Ostalé, coordenador da Estação Biológica Marinha do Estreito da Universidade de Sevilha, que tem também uma sede em Ceuta, ao jornal espanhol El País.

O peixe-lua, cujo nome científico é mola mola, é uma espécie considerada vulnerável, cuja população está a diminuir, de acordo com dados da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

Os pescadores não têm interesse nestes animais, visto que, a espécie não é comercializada. A sua carne pode conter toxinas pois alimenta-se de pequenos organismos, larvas de peixes e medusas.

Leia Também: Exemplar inédito de carapau com cor laranja encontrado ao largo de Sines

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório