Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Morreu deputado britânico esfaqueado em encontro com eleitores

O atacante foi detido no local.

O deputado britânico do Partido Conservador David Amess, de 69 anos, morreu após ter sido esfaqueado, esta sexta-feira, na Igreja Metodista de Belfairs, em Leigh-on-Sea, em Inglaterra.

O ataque aconteceu enquanto o político estava em audiências com eleitores do círculo de Southend West, que representa na Câmara dos Comuns, avança a emissora Sky News.

Pouco tempo depois do ataque, a Polícia de Essex confirmou que o homem tinha morrido e que o atacante tinha sido detido e que a faca que utilizou foi encontrada.

No entanto, as autoridades desconhecem, para já, mais dados sobre a identidade do atacante ou as motivações na origem do ataque, não havendo outros suspeitos relacionados com o incidente.

No local estiveram polícias armados, várias ambulâncias e um helicóptero de emergência médica. 

Amess, casado e pai de cinco filhos, era deputado desde 1983, católico, opositor ao aborto e defensor dos direitos dos animais, tendo também feito campanha pelo 'Brexit'. 

Recorde-se que em 2016, a deputada do Partido Trabalhista Jo Cox foi assassinada por um militante de extrema-direita uma semana antes do referendo que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia. A Fundação Jo Cox disse estar "horrorizada" com o incidente, enquanto o líder da oposição, Keir Starmer, considerou o incidente "profundamente chocante".  

Dois outros deputados, o Liberal Democrata Nigel Jones, em 2000, e o trabalhista Stephen Timms, em 2010, foram vítimas de ataques com facas, tendo ambos sobrevivido, embora um assessor de Jones tenha morrido ao tentar protegê-lo. 

[Notícia atualizada às 15h42]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório