Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Sudão do Sul. Inundações matam pelo menos 20 pessoas nos últimos 3 meses

Pelo menos 20 pessoas morreram nas inundações dos últimos meses, provocadas por chuvas torrenciais, que ainda estão a afetar uma parte remota do Sudão do Sul, declarou hoje um comissário à agência Associated Press (AP). 

Sudão do Sul. Inundações matam pelo menos 20 pessoas nos últimos 3 meses

As mortes ocorreram entre julho e setembro num condado do estado de Warrap, indicou o comissário Victor Wek Koor à agência de notícias AP.

Entre as vítimas encontram-se crianças que se afogaram quando uma casa colapsou, explicou.

Oficiais de outras regiões não citaram mortes relacionadas com as inundações.

Os estados de Unity e Jonglei estão entre os locais mais afetados.

Segundo o ministro da Informação, Michael Makuei, a residência do Presidente, Salva Kiir, no estado de Warrap, no noroeste do Sudão do Sul, está inundada.

Um grupo chefiado pelo primeiro vice-presidente Riek Machar declarou, na semana passada, uma emergência nacional devido às inundações no país.

O comissário Wek disse à AP que 17.000 pessoas foram deslocadas devido às cheias em Warrap, onde vivem mais de 240.000 pessoas. Os sem-abrigo estão a refugiar-se em zonas montanhosas e ao longo de estradas.

Deng John, um residente do condado Gogrial West, que perdeu uma irmã nas inundações, descreveu a situação vivida como um "desastre".

O Sudão do Sul é particularmente propenso a cheias quando o rio Nilo excede as suas margens.

As inundações provocaram a deslocação de cerca de 426.000 pessoas em todo o país desde maio, segundo o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA). 

O Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas (PAM) comunicou, no início de setembro, que tinha suspendido a ajuda alimentar a mais de 100.000 pessoas deslocadas no país, alertando para novas reduções, devido à falta de dinheiro. 

Leia Também: Quase 62 milhões desviados dos cofres públicos do Sudão do Sul desde 2018

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório