Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Macau regista 67.º caso desde início da pandemia durante testagem massiva

Macau detetou uma nova infeção por covid-19, o 67.º caso desde o início da pandemia, anunciaram hoje as autoridades de saúde, numa altura em que o território realiza testes em massa à população, pelo segundo dia consecutivo.

Macau regista 67.º caso desde início da pandemia durante testagem massiva
Notícias ao Minuto

11:32 - 27/09/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Trata-se de uma residente em Hong Kong, de 37 anos, que chegou a Macau no dia 19 de setembro e se encontrava já a cumprir quarentena num hotel do território, de acordo com o Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus.

A doente teve inicialmente resultados negativos, mas um novo teste realizado no domingo deu resultado positivo "esta madrugada", referiu o diretor dos Serviços de Saúde de Macau, Alvis Lo, precisando que poderá tratar-se de uma "recaída" de uma infeção prévia, sendo para já considerado um caso "importado", e não uma "nova infeção" relacionada com os casos já detetados nos últimos dias.

O anúncio surge numa altura em que Macau realiza testes em massa à covid-19 a toda a população, após ter detetado um caso num viajante, na sexta-feira, e mais dois casos conexos no dia seguinte, dois seguranças que trabalham num hotel onde se realizam quarentenas.

O 67.º caso foi detetado num hotel diferente daquele onde tinham sido diagnosticados os dois casos conexos, mas, "como fisicamente os hotéis estão ligados", as autoridades continuam a monitorizar a situação para garantir que não se trata de um caso relacionado com as infeções já detetadas.

O Governo de Macau anunciou no sábado a realização de testes à covid-19 para toda a população, durante três dias, após diagnosticar dois casos positivos em seguranças de um hotel para quarentenas no território.

Na sexta-feira, Macau já tinha decretado o estado de emergência imediata, quando foi detetado mais um caso, um residente de Macau de nacionalidade turca, de 31 anos, que chegou ao território vindo da Turquia, com escala em Singapura.

Em comunicado, o Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus informou que, até às 15:00 de hoje (10:00 em Lisboa), já foram testadas 562.896 pessoas, tendo recebido resultados de 404.912, todos negativos.

A este número acrescem 44.536 testes de ácido nucleico pagos, efetuados na passagem da fronteira, até às 15:00 de 25 de setembro, todos com resultados negativos, segundo a nota.

No total, já foram recolhidas amostras de 607.432 pessoas, com 449.448 resultados negativos, de acordo com a nota.

Os testes à população terminam na terça-feira, às 15:00 (10:00 em Lisboa).

Esta é a segunda vez que o território organiza testes em massa. Em agosto, após a deteção de quatro casos da variante Delta do novo coronavírus, todos na mesma família, o Governo de Macau também decretou o "estado de emergência imediata" e testou toda a população.

Macau não registou qualquer morte associada à doença ou infetados entre os profissionais de saúde, tendo contabilizado até ao momento 67 casos desde o início da pandemia.

No entanto, pouco mais de metade da população está vacinada, apesar de a administração gratuita da vacina estar disponível há mais de meio ano.

A resistência à vacina em Macau levou mesmo as autoridades sanitárias a determinarem que os trabalhadores de Macau, nos setores público ou privado, ficam obrigados a fazer um teste à covid-19 a cada sete dias, caso não estejam vacinados.

A covid-19 provocou pelo menos 4.740.525 mortes em todo o mundo, entre 231,48 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Leia Também: Alterações das regras em Macau vão "esmagar margens" de casinos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório